Coordenação de Políticas Afirmativas – COPAF

A Coordenação de Políticas Afirmativas se alinha aos objetivos da Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Estudantis (PROPAE) da UNILAB tendo como objetivo promover ações estratégicas centradas na reestruturação equânime de relações sociais em que se evidenciem exclusões, discriminações e/ou preconceitos de raça, gênero, etnia, sexualidade, origem geográfica, socioeconômica, linguagem ou em quaisquer de suas manifestações.

Tem como proposta planejar e executar ações cujo compromisso seja o de promover e qualificar a permanência institucional dos estudantes da UNILAB, especialmente dos grupos que historicamente têm sido excluídos do espaço universitário. Para isso, pretende-se construir um ambiente político, democrático, interdisciplinar e multicultural que envolva o maior número de discentes, Servidores (docentes e técnicos-administrativos), partindo da premissa de que a justiça e a equidade só são possíveis a partir da participação ativa da sociedade e da consciência do respeito à alteridade.

Hoje a Coordenação de Políticas Afirmativas conta com o Programa de Acolhimento E Integração de Estudantes Estrangeiros (PAIE) e três Núcleos: Núcleo de Políticas de Gênero e Sexualidade (NPGS), Núcleo de Estudos Africanos e Afro-brasileiros (NEAAB) e Núcleo de Promoção da Igualdade Racial (NPIR).


Professor Doutor Carlos Subuhana – Coordenador de Políticas Afirmativas – COPAF

Professor Doutor Luís Tomás Domingos – Gerente do Núcleo de Estudos Africanos e Afro-Brasileiros – NEAAB

Professora Doutora Violeta Holanda – Gerente do Núcleo de Políticas de Gênero e Sexualidades – NPGS

Núcleo de Promoção da Igualdade Racial – NPIR – Temporariamente sem gerente.

Francisco Marcelino –  Técnica Administrativo