Engenharia de Computação

Perfil dos Egressos

O Curso de Engenharia de Computação deve formar um profissional com sólida base em Matemática, Física, Química e Engenharia. Este profissional deve estar apto, técnica e conceitualmente, para trabalhar como agente da promoção de ações efetivas no campo dos sistemas de computação em nível de hardware e software, sem abdicar jamais dos conceitos de inovação tecnológica, considerando as especificidades de cada país ou região.
O perfil buscado baseia-se na concepção de um profissional em processo de formação contínua, com capacidade de refletir e analisar sua ação, numa perspectiva crítica e compromissada com o desenvolvimento sustentável.

Oportunidades (Estágios, congressos, bolsas)
O Estágio Supervisionado, bem como o Trabalho de Conclusão de Curso, deve complementar formação do egresso, sendo esta dirigida para a utilização do conjunto dos conhecimentos para proporcionar as condições de desenvolvimento no campo da engenharia de computação.
O estágio, neste sentido, consiste na observação, participação e desenvolvimento de atividades práticas relacionadas com a formação de Engenharia de Computação, supervisionadas simultaneamente por professor orientador e por profissional supervisor habilitado. As atividades devem ser realizadas em empresas, órgãos públicos, agências de desenvolvimentos, indústrias, institutos de pesquisa ou outros ambientes relativos à tecnologia da informação e desenvolvimento de hardware e software.

Resolução de Criação do Curso de Graduação em Engenharia de Computação

Recursos Disponíveis

Critérios de Avaliação

Projeto Político-Pedagógico Semestral

Estrutura Curricular Semestral

Grade Curricular Semestral

Corpo Docente

Expediente do Coordenador

Dirigentes