Quilombo do Maciço de Baturité vira documentário

Conhecer a religião, secas, danças tradicionais, trabalho e transporte são alguns dos atrativos do vídeo documentário e da cartilha Serra do Evaristo. As temáticas abordadas discutem diversos aspectos da cultura imaterial, do ponto de vista da juventude negra.

Com uma câmera na mão jovens da comunidade local ajudaram a produzir o primeiro registro histórico do Quilombo do Maciço. “Ainda que não tenha viés acadêmico, este é o primeiro registro da história desse quilombo. E o melhor é que o projeto foi concretizado a partir do trabalho dos próprios jovens, que puseram a câmera nas mãos e produziram”, afirma Rafael Mesquita, coordenador de gestão do IJC.

Segundo a organização esse material faz parte do projeto Protagonismo Juvenil no Alto da Serra que tem como objetivo o desenvolvimento da Segurança Alimentar e Nutricional, fortalecendo a organização sociopolítica da comunidade.

O Projeto criado pelo Instituto de Juventude Contemporânea (IJC) busca desenvolver ações focadas no combate ao preconceito e ações de valorização da história e cultura afro-brasileiras. “Ainda que não tenha viés acadêmico, este é o primeiro registro da história desse quilombo. E o melhor é que o projeto foi concretizado a partir do trabalho dos próprios jovens, que puseram a câmera nas mãos e produziram”. Afirma o coordenador de gestão do IJC Rafael Mesquita.

Durante os trabalhos, a comunidade formada por aproximadamente 130 famílias, recebeu a primeira certificação da Fundação Cultural Palmares. A população organizada há 20 anos por uma associação de moradores pretende ser reconhecida como comunidade quilombola pelo governo do estado.

A comunidade quilombola da Serra do Evaristo está localizada em um ponto de difícil acesso, no Maciço de Baturité-CE. O povoado é originado de populações negras que procuravam abrigo por causa da exploração sofrida em tempos de escravidão. O IJC contribui há 11 anos para a criação de políticas para juventude no âmbito local e nacional.

O projeto foi financiado pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social do Estado do Ceará.

SERVIÇO:
O vídeo tem aproximadamente 45 minutos.
Para conhecer um pouco da história, acesse:
Parte 1
http://www.youtube.com/watch?v=OB3HnpsxPqM
Parte 2
http://www.youtube.com/watch?v=IIZSrsj5q7g

Mais informações: (85) 32477089

Comentários encerrados.