Alunos da Unilab terão a oportunidade de estudar em Portugal

A Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira (Unilab) e a Universidade de Coimbra estabelecem parceria acadêmica para a realização de intercâmbio entre estudantes e professores das duas instituições de ensino. Como parte dessa parceria, foi aprovado pelo Programa de Licenciaturas Internacionais (PLI) da Capes, com o apoio do Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras – GCUB, o Projeto Gaia: formação de Ciências da Natureza e Matemática em Nível Internacional em Cooperação Solidária Unilab e a Universidade de Coimbra.

Candidatos que estão participando do Projeto. Ao centro, o coordenador Lourenço Ocuni

O projeto é uma oportunidade para estudantes brasileiros do curso de Licenciatura em Ciências da Natureza e Matemática (CNM) da Unilab a vivenciarem uma “graduação sanduíche”, cuja etapa intermediária de formação no campo da Biologia e Física será cursada na Universidade de Coimbra. No intercâmbio, o estudante pode passar até dois anos em Portugal, com início das aulas a partir de setembro de 2012.

Para participar do Programa, os alunos do curso passaram por uma seleção prévia, coordenada pela Unilab, que analisou o Índice de Desenvolvimento Escolar (IDE), o currículo e a carta de motivação. Após esse processo, 15 alunos foram selecionados para se inscreveram no Edital Nº08/2012 da Capes, que vai oferecer bolsa de estudos, auxílio instalação e deslocamento e seguro saúde. Do grupo, sete estudantes vão a Coimbra, os demais serão suplentes. O resultado final da seleção está previsto para ser divulgado no dia 31 de julho.

A estudante Luana Mateus aguarda o resultado da Capes

Por enquanto, aqui na Unilab, o sentimento é de grande expectativa. Luana Mateus, 18 anos, da cidade de Capistrano, diz que está muito apreensiva para saber o resultado da seleção. “Quero saber logo se vou ou não, mas estou doida para chegar a Portugal. Eu sei que lá não vai ser fácil, mas com certeza vai ser muito bom para mim. Na minha profissão, eu vou amadurecer bastante porque vou ver uma realidade de outro país e, assim, vou poder ensinar melhor para os meus alunos”, explica a estudante que vai seguir a área de Biologia.

Fransmar Santos está concorrendo ao Edital da Capes

Fransmar Santos, 20 anos, de Aracoiaba, também está aguardando o resultado. “O bom de estar em uma universidade federal é participar de intercâmbios como esse. Vai ser muito rico. Hoje, as pessoas saem para fazer mestrado e doutorado em outro país. Com essa oportunidade, poderemos ir durante a graduação”, comenta o estudante. Ele, que vai estudar a área de Física, garante que “essa experiência vai me ajudar a ter o diferencial na minha área, algo a mais, a partir do conhecimento da realidade e da metodologia de ensino de outro país”.

Coordenador do projeto, Lourenço Ocuni Ca

O coordenador do projeto e professor da Unilab, Lourenço Ocuni Ca, comenta que os estudantes já estão buscando informações através da Internet para conhecer mais sobre o programa, a Universidade de Coimbra e Portugal. “O momento agora é de muita ansiedade. Mas essa experiência vai enriquecer bastante a vida deles. Sair de perto dos pais e ir para outro país vai ajudá-los a crescer do ponto de vista profissional e pessoal. Eles vão ter outros olhares”, diz Lourenço.

Pró-reitoras Jacqueline Freire e Selma Pantoja trabalham pela expansão do intercâmbio acadêmico

A pró-reitora de Graduação, Jacqueline Freire, explica que o Programa de Licenciaturas Internacionais (PLI) reforça dois princípios da Unilab: o de internacionalização e de mobilidade acadêmica. “É uma oportunidade de qualificação do processo de formação de professores e de fortalecimento da graduação, ao mesmo tempo em que é mais um passo na consolidação do caráter internacional da Unilab”, avalia.

Segundo a pró-reitora de Relações Institucionais, Selma Pantoja, a parceria com a Universidade de Coimbra é apenas a primeira experiência de intercâmbio acadêmico da Unilab. “Temos perspectivas de acordos de cooperação com várias universidades portuguesas”, diz. Segundo Jacqueline Freire, Prograd e Proinst vão trabalhar integradamente para a implementação do PLI. “Vamos fortalecer essa experiência e trabalhar por sua expansão com outras universidades”, afirma.

O Programa de Licenciaturas Internacionais (PLI)/ Capes

O Programa de Licenciaturas Internacionais compreende um programa “sanduíche” em nível de graduação, com abertura e conclusão na universidade brasileira e etapa intermediária de formação no campo temático específico, a ser realizada em universidades portuguesas parceiras.

Objetivos:

O programa tem como objetivo elevar a qualidade da graduação, tendo como prioridade a melhoria do ensino dos cursos de licenciatura e a formação de professores, por meio da ampliação e dinamização as ações voltadas à formação inicial e implementação de novas diretrizes curriculares para a formação de professores, com ênfase no ensino fundamental e no ensino médio.

Duração dos Projetos e universidades participantes:

Os estudantes de cursos de licenciaturas de universidades brasileiras permanecem até 24 meses em uma das seguintes universidades de Portugal: Universidade Nova de Lisboa, Universidade da Beira Interior, Universidade do Algarve, Universidade de Aveiro, Universidade de Coimbra, Universidade de Évora, Universidade de Lisboa, Universidade do Minho, Universidade do Porto, Universidade Técnica de Lisboa e Universidade Trás-os-Montes.

Benefícios:

Bolsas e passagens aéreas internacionais para estudantes brasileiros, de acordo com os termos vigentes na Capes, além de passagens aéreas internacionais e diárias para docentes brasileiros em missão em Portugal.

Com informações: SITE da Capes

Universidade de Coimbra

Universidade de Coimbra

A Universidade de Coimbra GCSE (sigla: UC) é a instituição de ensino, ainda em funcionamento, mais antiga de Portugal e uma das mais antigas da Europa. A história do local remonta ao século seguinte ao da própria fundação da nação portuguesa, dado que foi criada no século XIII, em 1290. Organizada em oito faculdades diferentes, de acordo com uma variedade de campos de conhecimento, a universidade oferece cursos na área de Arquitetura, Educação, Engenharia, Humanidades, Direito, Matemática, Medicina, Ciências Naturais, Psicologia, Ciências Sociais e Esportes. A Universidade de Coimbra possui aproximadamente 20 mil estudantes, abrigando uma das maiores comunidades de estudantes internacionais em Portugal.

Informações: http://www.uc.pt/

Comentários encerrados.