Sofia Lerche vai atuar em programas de pesquisa e extensão da Unilab

A pesquisadora Sofia Lerche Vieira foi selecionada pelo Programa Professor Visitante Nacional Sênior (PVNS) para atuar na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Abro-brasileira (Unilab). O programa, da Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), tem como proposta inserir professores-pesquisadores de consagrado mérito científico e reconhecida experiência acadêmica no âmbito das Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes) como forma fortalecimento de programas de pós-graduação e produção de conhecimento científico.

Prof. Sofia Lerche

Sofia Lerche é licenciada em Letras pela Universidade de Brasília (UnB), com Mestrado em Educação pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Doutorado em Filosofia e História da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e com Pós-Doutorado pela Universidad Nacional de Educacion a Distancia, Espanha. Professora titular aposentada da UFC e da Universidade Estadual do Ceará (Uece), também foi secretária da Educação Básica do Estado do Ceará.

Em sua trajetória acadêmica, a professora Sofia Lerche também já é uma colaboradora da Unilab. Desde o início deste ano, ela coordena o projeto do Observatório da Educação no Maciço de Baturité, desenvolvido em conjunto pelos grupos de pesquisas Política Educacional, Gestão e Aprendizagem (Uece) e Educação, Sociedade e Desenvolvimento Regional (Unilab). Ela explica que o estudo tem como proposta fazer um diagnóstico dos indicadores educacionais e condições de funcionamento da gestão educacional e escolar em 15 municípios da região do Maciço de Baturité. “A nossa proposta é, após esse diagnóstico, traçar estratégias para melhorar a gestão escolar”, diz. A pesquisa está em andamento e deve ser concluída em dezembro de 2013.

Como professora visitante nacional sênior ligada à Unilab, Sofia Lerche explica que, além de estar mais próxima na coordenação da pesquisa, terá o papel de contribuir com outras atividades acadêmicas como a criação de grupos de pesquisa; elaboração e participação de propostas de cursos de pós-graduação; formatação de projetos de iniciação científica; e discussão e planejamento de criação de cursos de pós-graduação. “Estarei dedicada a contribuir com iniciativas que podem estar associadas a esse trabalho do Observatório da Educação ou com outros projetos que tenham a ver com a área que pesquiso”, diz. Pelo Programa da Capes, a atividade de Sofia Lerche na Unilab terá duração mínima de dois anos.

Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão, Stela Meneghel

A pró-reitora de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão, Stela Meneghel, ressalta a importância de contar com a presença da professora Sofía Lecher na Unilab. “É um privilégio ter a professora na Universidade ampliando projetos que envolvem o ensino, a extensão e a pesquisa. Será uma maneira de aumentar o potencial da Unilab na interação de forma qualificada com a comunidade”. Stela destaca ainda a experiência que Sofia tem em relação ao conhecimento da região do Maciço de Baturité. “Ela conhece a realidade do Ceará. A professora tem o chão de escola, ou seja, ela tem vivência e sabe como é a educação do estado”, complementa.

Comentários encerrados.