Unilab realiza 4ª edição da campanha de doação de sangue

Campanha acontece neste dia 25 na Unilab

Na manhã desta quarta-feira (25), a Unilab abriu as portas para receber os voluntários interessados em doar sangue para o banco de coleta do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce). Nesta quarta edição da Campanha “Doe sangue. Salve Vidas”, realizada em parceria entre a Unilab, Hemoce e Secretaria de Saúde de Redenção, foram recebidas 52 doações.

Paulo Roberto realiza o cadastro para o início do processo da coleta de sangue

Um dos doadores foi Paulo Roberto Gomes, 29 anos, que aproveitou o horário de trabalho para fazer a doação. “Essa já é a sexta vez que eu estou doando. E muito bom para ajudar quem podem precisar. Muitas vezes, eu converso com as pessoas e elas perguntam o que vão ganhar, mas a gente tem que pensar no próximo”, disse Paulo Roberto, que trabalha como motorista da Unilab.

A voluntária Cleciane Oliveira Correia faz as primeiras avaliações

Cleciane Oliveira Correia, 28 anos, mora na localidade do Gurgurí, no município de Redenção, e ficou sabendo sobre a campanha do Hemoce por meio do rádio. “Esse ato é importante para salvar vidas. Eu também posso precisar e vou quero a ajuda também. As pessoas não devem ter medo porque é uma coisa simples e faz bem para a saúde”, comentou Cleciane.

Andréia Silva sempre participa das campanhas de doação de sangue

A dentista Andréia Silva, 33 anos, veio para a Unilab participar da campanha. “A doação me faz lembrar em generosidade e o pensamento no próximo”, afirmou a dentista que já é doadora. Ela comentou que o sogro do meu irmão dela já precisou de uma doação.

Assistente social do Hemoce, Alexandra Morais

A assistente social do Hemoce, Alexandra Morais, acompanhou a campanha na Unilab. “A equipe faz uma avaliação rigorosa para evitar qualquer contaminação por meio do sangue. Antes da coleta, o doador passa por uma bateria de exames. Ele precisa passar por todas essas etapas, como o cadastro, a pré-triagem, a entrevista, o lanche e a coleta de sangue”. Sobre a mobilização para os doadores da campanha, ela explicou: “nós fazemos um trabalho de fidelização de quem já participou das campanhas anteriores, mandando para as residências convites, ligando e enviando torpedos. Além disso, nós tentamos conquistar doadores e retirar os mitos que ainda existem”.

Voluntário aguardam na Unilab para doar sangue

Segundo a assistente social, nesse período do mês de julho, há um grande déficit no estoque de sangue por causa das férias escolares. Durante da campanha na Unilab, os voluntários também podem fazer o cadastro para serem doadores de medula óssea.

Etapas da triagem para a doação de sangue

Condições básicas para doar sangue:

I) Estar saudável;

II) Apresentar um documento oficial com foto (carteira de identidade ou de motorista);

III) Ter entre 16 e 67 anos;

IV) Pesar mais de 50kg (homem e mulher);

V) Estar bem alimentado

VI) Não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis.

Mais informações no site do Hemoce Ceará

Comentários encerrados.