Reitor Paulo Speller se reúne com professores

O reitor Paulo Speller se reuniu, na tarde desta segunda-feira (28), no Auditório do Campus da Liberdade, com os docentes da Unilab. Em pauta, o anúncio da troca de comando da Coordenação de Pesquisa e Pós-Graduação/PROPPGE e da Rede das Instituições Públicas de Educação Superior (RIPES) e o Estatuto da Unilab. Na abertura da reunião, Paulo Speller explicou a importância dos encontros com toda a comunidade acadêmica para discutir temas de interesse da Universidade. “Brevemente, teremos reuniões semelhantes com os servidores técnicos administrativos e os discentes através de suas representações nos CAs (centros acadêmicos)”, diz.

Paulo Speller abre reunião com os professores

Paulo Speller explicou que dentro dessa pauta de debates, a discussão em torno da consolidação de uma política de pesquisa e pós-graduação dentro da Unilab tem sido vista com especial atenção. Ele destacou o trabalho desenvolvido pelo corpo docente para formular o projeto do primeiro mestrado da Unilab que deve ser apresentado ainda este ano à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). “Estamos construindo quatro frentes para a construção da pós-graduação: um projeto na Área de Desenvolvimento Rural em parceria com a Embrapa, outro na Área de Humanidades e Letras, outra proposta de um mestrado interdisciplinar e um último projeto de mestrado internacional também na Área de Humanidades e Letras”, diz.

Professores discutiram pesquisa, pós-graduação e Estatuto

Para orientar as discussões, o reitor anunciou que a professora Socorro Rufino assumirá a Coordenação de Pesquisa e Pós-Graduação/PROPPGE. Paulo Speller explicou que a professora já tem trabalhado com a professora e pesquisadora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Marinêz Isaac Marques, convidada pela Unilab para ajudar no processo de formatação da proposta de mestrado da Unilab. “A professora Socorro Rufino se destacou na condição dessa discussão do mestrado”, explica.

Socorro Rufino assume Coordenação de Pesquisa e Pós-Graduação

Em seu discurso, Socorro Rufino pediu o apoio e a participação de todos os docentes no processo de formatação do primeiro mestrado da Unilab. Ela também destacou o apoio institucional ao desenvolvimento de pesquisas pelos alunos da Unilab. Ela citou a maior participação de alunos no 2º Encontro de Iniciação Científica da Universidade. “Temos 47 bolsistas e seis voluntários que estão se dedicando ao desenvolvimento de pesquisas”, disse. Socorro Rufino também assegurou trabalhar para a informatização do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC). “Desde o processo de seleção, realização dos encontros científicos até a disponibilização dos resumos apresentados”, explicou.

Bas´ilele Malomalo assume a Coordenação da Ripes

Para assumir o novo cargo, Socorro Rufino deixou o comando da coordenação da RIPES para a Cooperação na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Durante a reunião com os docentes, o reitor Paulo Speller também anunciou o novo nome à frente da Rede que é coordenada pela Unilab. O professor Bas´Ilele Malomalo assume o cargo. Para Malomalo, a função será um grande desafio. “Esse é um mega projeto que exige fôlego. Temos desafios à frente: implementar a mobilidade acadêmica entre os países que integram a Ripes, fortalecer os centros de educação a distância, pensar e elaborar estratégias de financiamento e tantos outros”, diz.

A proposta da RIPES é promover, de maneira estável e continuada, o intercâmbio de conhecimento, a mobilidade acadêmica e a capacitação de profissionais em diversas áreas dos países parceiros, além de fortalecer e estruturar centros de educação à distância nas Instituições Públicas de Ensino Superior (IPES), estruturas de referência para a cooperação entre o Brasil, os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOPs) e Timor-Leste no campo da formação profissional, acadêmica e técnica.

No segundo momento da reunião, o reitor Paulo Speller anunciou a atual fase de formatação do Estatuto da Unilab. O projeto elaborado pela comissão de trabalho constituída por representações da comunidade acadêmica já foi encaminhado ao reitorado para análise. “Estamos na fase de sistematizar esse trabalho e dar uma versão mais enxuta, mas mantendo a essência e o que caracteriza as especificidades da Unilab”, explica. A proposta ainda será analisada pelo Conselho Superior Pro-Tempore (Consup).

Comentários encerrados.