GUINÉ-BISSAU – Novo Governo tem 15 ministérios e 15 secretarias de Estado

bandeira-Guine-BissauO novo Executivo da Guiné-Bissau, anunciado nesta segunda-feira (07), tem 15 ministérios e 15 secretarias de Estado e tomou posse perante o presidente guineense, José Mário Vaz.

Lista completa do novo Governo:

Primeiro-ministro – Baciro Dja
Ministro da presidência do Conselho de Ministros – Aristides Ocante da Silva
Ministro dos Negócios Estrangeiros – Rui Dia Sousa
Ministro da Administração Interna – Octávio Alves
Ministro dos Recursos Naturais – Epifânio Carvalho de Melo
Ministro da Defesa Nacional – Eduardo Costa Sanhá
Ministro da Saúde Publica – Domingos Malu
Ministra da Educação Nacional – Nharebat Ntchasso
Ministra da Mulher, Família e Coesão Social – Evarista de Sousa
Ministro da Comunicação Social – Respício Nunes
Ministro da Energia e Indústria – Florentino Mendes Pereira
Ministro do Comércio – Serifo Embaló
Ministro da Função Pública e Trabalho – Carlitos Barai
Ministro da Justiça – Dionísio Caby
Ministro da Agricultura – Rui Nene Djatá
Ministro Obras Públicas – Malam Banjai

Secretário de Estado do Plano e Integração Regional – Doménico Sanca
Secretário de Estado da Juventude, Cultura e Desporto – Mário Martins
Secretário de Estado da Cooperação Internacional e das Comunidades – Dino Seidi
Secretaria de Estado dos Combatentes da Liberdade da Pátria – Anita Sani
Secretário de Estado dos Transportes e Comunicações – Florentino Dias
Secretário de Estado Orçamento e Assuntos Fiscais – José Vieira
Secretário de Estado Ordem Publica – Marcelino Cabral
Secretário de Estado Ordenamento e Administração do Território – Alassane Queta
Secretário de Estado Ensino e da Investigação Cientifica – João Butian Co
Secretário de Estado das Pescas e Economia Marítima – Fernando Correia Landim
Secretário de Estado do Ambiente – Luís Olundo Mendes
Secretário de Estado do Tesouro – Henrique Horta
Secretário de Estado da Gestão Hospitalar – Maria Inácia Sanha
Secretário de Estado da Segurança Alimentar – Vítor Pereira
Secretária de Estado do Turismo – Fatumata Djau

A posse dos novos membros do Governo ocorreu nesta tarde (07) na presença do presidente guineense, José Mário Vaz, embaixadores acreditados no país, procurador-Geral da República, entre outras individualidades do país.

Fonte ligada ao novo governo adiantou à agência de notícias Lusa que os ministros das Finanças e da Economia (duas pastas que estavam juntas no anterior executivo) devem ser nomeados nos próximos dias.

Baciro Dja assinou Pacto de Estabilidade com PRS

Baciro Dja, primeiro-ministro da Guiné-Bissau (Foto: Reprodução)

Baciro Dja, primeiro-ministro da Guiné-Bissau (Foto: Reprodução)

O novo primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Baciro Dja, assinou o que chamou de “Pacto de Estabilidade” com o Partido da Renovação Social (PRS), segunda maior força no Parlamento do país, para a viabilização do seu Governo.

O acordo rubricado entre Baciro Dja e o líder do PRS, Alberto Nambeia, permitiu a formação de um novo governo guineense para substituir o executivo liderado por Domingos Simões Pereira, demitido no passado dia 12 de agosto pelo presidente do país, José Mário Vaz.

Com o acordo, o PRS, que detém 41 dos 102 deputados no Parlamento, passou a dispor de dez pastas, cinco ministérios e outras tantas secretarias de Estado, ou seja, o dobro das pastas que detinha no Governo demitido.

Fonte: Deutsche Welle

.

Comentários encerrados.