Professores debatem criação de um Centro de Estudos Africanos, no Malês

Crédito: Site Casa das Áfricas

Crédito: Site Casa das Áfricas

Professores do Curso de Bacharelado em Humanidades (BHU), do Campus dos Malês, com o apoio da Pró-reitoria de Relações Institucionais (Proinst), estão desenvolvendo um projeto para a criação de um Centro de Estudos Africanos, sediado no campus. O espaço será direcionado a estudos sobre histórias, culturas e civilizações do continente africano, a partir de diferentes perspectivas.

Na última quinta-feira (08), os professores Gerhard Seibert, Pedro Acosta-Leyva e Márcio André, que fazem parte da comissão para a implantação do projeto, reuniram-se com o pró-reitor Edson Borges visando dar encaminhamento a ação. Fazem parte também da comissão os professores (a) Fernando Tavares, Fábia Barbosa e Acácio Almeida.

Para o funcionamento do centro, entre outras funções, através de uma cooperação institucional, o instituto cultural Casa das Áfricas disponibilizará, em regime de comodato, cerca de dois mil livros específicos sobre a África, além de 240 filmes sobre o continente.

O Centro de Estudos Africanos tem o objetivo de promover pesquisas no domínio dos estudos africanos em ciências humanas mediante projetos individuais e coletivos; promover o debate científico; organizar e fornecer apoio técnico-científico a grupos de pesquisa com a finalidade de divulgação no domínio dos estudos africanos; estudar o movimento das relações do Estado brasileiro, das empresas e das instituições da sociedade civil brasileira com os países do continente africano; apoiar a formação universitária nos estudos africanos, com destaque para os estudos e pesquisas organizados no âmbito da universidade; entre outros.

Comentários encerrados.