Café com Letras desta segunda-feira debate a “evidencialidade em Língua Portuguesa”

CAFE-COM-LETRAS-destaque_b

O projeto de extensão Café com Letras traz, nesta segunda-feira (19), a professora da Unilab e doutora em Linguística, Izabel Lucena, para debater “A evidencialidade em Língua Portuguesa: descrição e uso”. O evento ocorre no auditório do bloco administrativo do Campus da Liberdade, em Redenção/CE, às 16 horas.

De modo geral, a evidencialidade é definida como um domínio funcional responsável pela indicação da fonte da informação. Seus efeitos de sentido revelam o modo de obtenção da informação, demonstrando o grau de comprometimento do falante com relação ao conteúdo expresso na proposição.

O objetivo é debater a expressão da evidencialidade em Língua Portuguesa em diferentes contextos discursivos, a partir do paradigma Funcionalista. Essa perspectiva teórico-metodológica assume que a expressão linguística é a manifestação da intenção comunicativa do falante, que orienta suas escolhas com vistas a adequar-se às variadas situações de interação social.

Sobre a palestrante

Professora da Unilab, Izabel Lucena possui graduação em Letras-Português-Italiano pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e mestrado e doutorado em Linguística também pela UFC. Tem experiência em pesquisa na área de Teoria e Análise Linguística, com ênfase na relação entre gramática e construção discursiva. Atua também como professora de língua e literatura italiana.

Sobre o Café com Letras

O Projeto de Extensão Café com Letras: saberes docentes e práticas acadêmicas, em sua quarta edição (2015-2016), é organizado por Otávia Marques de Farias (coordenadora) e por Kennedy Cabral Nobre (vice-coordenador). A proposta é congregar professores e estudantes em palestras sobre diversos temas de Linguística, Literatura e áreas relacionadas.

Comentários encerrados.