Primeira turma de Ciências da Natureza e Matemática cola grau em cerimônia marcada por emoção

Foto: Assecom/Unilab.

Noite de sexta-feira (18), clima de final de ano, fechamento de ciclos importantes e início de outros. Tudo isso ainda mais forte para os oito formandos do Curso de Licenciatura em Ciências da Natureza e Matemática (CNeM), com habilitação em Química, que colaram grau em cerimônia no auditório do Campus da Liberdade, em Redenção/CE.

Cinco homens e três mulheres; quatro angolanos e quatro brasileiros. Eles ingressaram em 2011 na Unilab e são a primeira turma do curso. Na cerimônia, deixaram palavras de gratidão à instituição, professores, funcionários, colegas e famílias.

Orador da turma, o formando Valdeci Lima, de 27 anos, é natural de Redenção e destacou a realização de um sonho. “É um momento muito especial. Esperei muitos anos, tinha o sonho de me formar em Química e a Unilab acendeu esse sonho. Com o curso, abri os olhos academicamente e pude ver outras oportunidades”, sublinhou.

Junto com os formandos estavam o vice-reitor, Aristeu Lima, representando o reitor, Tomaz Mota Santos; o pró-reitor de Graduação em exercício, Rodolfo Pereira; a diretora do Instituto de Ciências Exatas e da Natureza (Icen), Lívia Ribeiro; a coordenadora do curso de Ciências da Natureza e Matemática, Mylene Ribeiro; a paraninfa da turma, professora do Icen, Jacqueline Freire; a patrona, Ana Paula Braga, ex-secretária de Educação do município de Redenção; e o professor que dá nome à turma, José Berto Neto, do Icen.

Formandos durante o juramento. Foto: Assecom/Unilab.

Formandos durante o juramento. Foto: Assecom/Unilab.

O orador aproveitou o momento para rememorar a importância dos homenageados. “O professor José Berto foi essencial para a nossa formação. E a professora Jacqueline foi participante ativa em nossa formação acadêmica na Unilab”, contou.

Emocionada, a professora Jacqueline Freire destacou a aposta que os estudantes fizeram na Unilab, à época, em 2011, somente um ano após a criação. “Estamos reunidos para celebrar os sonhos. Sonhos da juventude do Maciço e jovens de Angola. Eles escolheram uma universidade que era uma promessa de universidade, criada em 2010. Agradeço a todos que ao longo desses cinco anos têm se dedicado à construção da Unilab. É uma grande honra ser a paraninfa”, declarou.

O vice-reitor, Aristeu Lima, falou aos concludentes e aos pais. “Mandar os filhos a uma universidade não tem somente o preço de custear as despesas. Tem também o peso psicológico, de estar longe, em outra cidade, estado ou até país, como vemos aqui. Mas vocês tiveram a visão de ir mais longe. A educação é um investimento com retorno certo”, disse aos pais e mães.

Aos estudantes, Aristeu frisou o entrelaçamento entre suas trajetórias e a instituição. “A história de vocês se confunde com a da Unilab. Vocês e a Unilab evoluíram muito e muito haverão de evoluir”, disse, destacando ainda a missão de educadores que os formandos terão e a importância dos professores para a construção de uma nação.

O Curso de Licenciatura em Ciências da Natureza e Matemática (CNeM) tem também as habilitações em Biologia, Física e Matemática.

Comentários encerrados.