Estudantes participam de I Curso de Verão em Ecologia e Taxonomia de Insetos Parasitoides

Foto: Unilab.

Foto: Unilab.

Nos dias 6 e 7 de janeiro, no Campus das Auroras, em Redenção/CE, ocorreu o I Curso de Verão em Ecologia e Taxonomia de Insetos Parasitoides, o Ecotax, que contou com a participação de 19 alunos dos cursos de Biologia, Ciências da Natureza e Matemática e Agronomia. A atividade possui como objetivo central demostrar a importância de se estudar a biodiversidade do Maciço de Baturité, em especial a biodiversidade de vespas parasitoides, uma vez que até o momento nenhum estudo foi conduzido de forma efetiva nesta região.

O minicurso aliou teoria e prática, despertando os estudantes para a pesquisa científica envolvendo métodos de coletas e estudo de interações com insetos parasitoides e seus hospedeiros.

A parte teórica da programação proporcionou noções básicas sobre insetos parasitoides no que diz respeito a classificação, morfologia, ecologia e conservação e foi ministrada pelo professor Jober Sobczak, do Instituto de Ciências Exatas e da Natureza (Icen) e colaborador do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Hymenopteras parasitoides da Região Sudeste Brasileira (Hympar-Sudeste).

Após a parte teórica da programação, os alunos foram até a Área de Preservação Permanente (APP) existente atrás do Campus das Auroras, onde acompanharam na prática a instalação de uma armadilha de captura de insetos parasitoides, modelo Malaise, amplamente utilizada nos estudos sobre biodiversidade.

Estudantes na APP por trás do Campus das Auroras, em Redenção/CE. Foto: Unilab.

Estudantes na APP por trás do Campus das Auroras, em Redenção/CE. Foto: Unilab.

A prática foi conduzida com amostras previamente coletadas no município de Mulungu/CE, também no Maciço de Baturité. Os estudantes realizaram a separação e a identificação dos parasitoides em nível de superfamílias e posteriormente em nível de família. Para isso, os participantes fizeram uso dos estereomicroscópios do laboratório de Zoologia da Unilab. Segundo o aluno Ferreira Manuel Timóteo, do curso de Licenciatura em Ciências da Natureza e Matemática, com habilitação em Biologia, “iniciativas como essa têm grande importância, visam integrar teoria e prática, resultando em um melhor desempenho dos estudantes”.

Comentários encerrados.