Estudantes da Unilab são selecionados para evento sobre Gênero e Sexualidade na Itália

Os estudantes Nathália Colaço e Kaio Lemos, do curso de Bacharelado em Humanidades, foram selecionados para participar de seminário sobre gênero na Itália, em Turim. Fotos: acervo pessoal.

Os estudantes Nathália Colaço e Kaio Lemos, do curso de Bacharelado em Humanidades, foram selecionados para participar de seminário sobre gênero na Itália, em Turim. Fotos: acervo pessoal.

Os estudantes do curso de Bacharelado em Humanidades da Unilab, Kaio Lemos e Nathália Colaço, foram selecionados para participar do encerramento do projeto Jovens Contra a Violência de Gênero (JCVG), na cidade italiana de Turim, entre os dias 17 e 19 de fevereiro deste ano. Os jovens atuaram como educadores no projeto JCVG, promovido pela Prefeitura de Fortaleza em parceria com a União Europeia, e depois foram selecionados às duas únicas vagas para acompanhar o encerramento, na Itália.

Kaio Lemos está na expectativa de conhecer melhor o projeto, como surgiu e se expandiu para outros países e também de se integrar com os jovens representantes de outras nacionalidades. Na Unilab, Kaio é bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica e Tecnológica (Pibict), com o projeto “Trans homem: sociabilidade e construção performática”, orientado pela professora Luma Andrade. Ele conta como a pesquisa se entrelaçou com sua atuação no projeto da prefeitura. “Através da minha pesquisa e também minhas práticas e experiências de vida pude dialogar com jovens do ensino médio das escolas municipais sobre a violência contra os gêneros, trazer a visibilidade para travestis e transexuais que têm sofrido bastante violência e exclusão social”, afirmou.

Nathália Colaço desenvolve pesquisa de monografia sobre a violência de gênero no município onde mora, em Barreira, orientada pela professora Violeta Holanda. A estudante espera que a troca de conhecimentos na Itália seja muito positiva para os participantes do projeto. Nathália também destaca como a participação no projeto e a pesquisa científica que desenvolve se complementaram. “Um dos eixos temáticos do projeto JCVG visa ampliar o debate sobre a violência contra a mulher e isso contribuiu muito para minha pesquisa de monografia, que retrata esse tipo de violência de gênero, uma grave violação dos direitos humanos”, detalhou.

Seminário Jovens contra a Violência de Gênero ocorre de 27 a 29 de janeiro

A Prefeitura de Fortaleza realiza também o Seminário Jovens contra a Violência de Gênero, que debaterá relações de gênero e diversidade sexual, abrangendo três eixos temáticos: Masculinidade Positiva, Violência Contra a Mulher e Garantia dos Direitos da população LGBT. Será de 27 a 29 de janeiro, no Cuca Mondubim, que fica na Rua Santa Marlúcia, s/n, bairro Mondubim, Fortaleza/CE. Inscrições vão até o dia do evento, no site da prefeitura.

O projeto JCVG é uma parceria da prefeitura com a União Europeia, acordo bilateral com a cidade de Turim – Servizio Cooperazione Internazionale e Pace.

A Unilab, por meio do Núcleo de Políticas de Gênero e Sexualidade, contribuiu com o projeto em toda sua extensão, participando ativamente das atividades de planejamento e execução: promovendo a formação acadêmica dos jovens participantes do projeto, viabilizando sua participação na realização de oficinas de gênero em escolas públicas de ensino fundamental e providenciando transporte no percurso Redenção – Fortaleza – Redenção.

As ações do projeto estão sendo desenvolvidas por jovens voluntários que desempenham o papel de multiplicadores, transmitindo conhecimentos e valores úteis para sensibilizar as atitudes das juventudes de Fortaleza, pertencentes a entidades juvenis e/ou atuantes em territórios e escolas de ensino médio e em grupos que lidam com as questões relativas à defesa dos direitos humanos e desenvolvimento, que passarão a contar com ferramentas críticas para uma compreensão mais profunda acerca da violência de gênero.

Comentários encerrados.