Academia de Musculação da Unilab inicia o projeto piloto

Da esquerda para a direita: Paulo Farias, Tomaz Santos e Alexandre Cunha.

Da esquerda para a direita: Paulo Farias, Tomaz Santos e Alexandre Cunha.

A Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Estudantis (Propae), por meio do Núcleo de Esporte e Lazer (Nucel), deu início, na última semana, ao funcionamento do projeto piloto da Academia de Musculação da Unilab.

O evento de abertura contou com a participação do reitor, Tomaz Santos; do pró–reitor de Políticas Afirmativas Estudantis, Alexandre Cunha; do gerente da academia, Paulo Farias; da assistente social Socorro Maciel; e dos estudantes selecionados para participar do projeto.

O projeto piloto da academia de musculação da Unilab terá duração de seis meses e disponibilizará 40 vagas para o início das atividades de musculação, sendo que 50% dessas vagas são destinadas aos estudantes brasileiros e os outros 50% aos estudantes estrangeiros.

Gerente da Academia: Paulo Farias.

Gerente da Academia: Paulo Farias.

“Nosso trabalho com os estudantes selecionados para o projeto piloto não é só uma questão de estética do corpo, mas queremos, sim, promover uma cultura da qualidade de vida. E espero que este espaço qualificado sirva também como mais um instrumento de permanência do estudante na Unilab”, destacou Paulo Farias, que, depois da sua fala, apresentou para o público presente a equipe que irá trabalhar na academia.

Estudantes selecionados para participar do projeto piloto.

Estudantes selecionados para participar do projeto piloto.

Já o estudante do Bacharelado em Humanidades, Farã Vaz, além de comemorar sua participação no projeto piloto, pediu agilidade na abertura de novas vagas. “Parabenizo toda a equipe da Unilab que se esforçou muito para a implantação desse projeto. Mas espero que, em breve, a academia possa ampliar o número de atendimento, porque temos muitos estudantes querendo participar desse projeto”, cobrou.

Comentários encerrados.