Professora da Unilab tem trabalho aprovado para apresentar nos Estados Unidos

A professora Luma de Andrade, lotada no Instituto de Humanidades e Letras (IHL) e integrante do Núcleo de Políticas de Gênero e Sexualidades (NPGS), teve seu trabalho autobiográfico intitulado “Travesti, Brasileira e Docente de uma Universidade Pública Federal: Resistências e Empoderamentos” aprovado para apresentar no “Transgêneros Estudos”

“Transgêneros Estudos” é uma conferência  internacional  interdisciplinar que será realizada de 7 a 10 de setembro de 2016, na Universidade do Arizona, nos Estados Unidos da América.

O evento tem como interesse mostrar trabalhos nas artes, humanidades e ciências (sociais, de saúde e física), e buscar o envolvimento de ativistas, trabalhadores da cultura, e membros de comunidades trans, bem como acadêmicos e estudantes. Ocorrerá também exposições de painéis transdisciplinares e plenárias, destinadas a promover maior diálogo entre os estudiosos com abordagens e investimento intelectual em estudos trans.

Nesta conferência que reunirá pesquisadores e pesquisadoras com relevante produção acadêmica a nível mundial será constituída a associação internacional de estudos transexuais. A programação da conferência incluirá uma reunião de negócios para discutir esta possibilidade, assim como a de sediar futuras conferências internacionais em outros países.

Luma Nogueira, professora do Instituto de Humanidades e Letras (IHL) e integrante do Núcleo de Políticas de Gênero e Sexualidades (NPGS).

Luma Nogueira, professora do Instituto de Humanidades e Letras (IHL) e integrante do Núcleo de Políticas de Gênero e Sexualidades (NPGS).

Luma de Andrade

Possui Graduação em Licenciatura em Ciências pela Universidade Estadual do Ceará (UECE); pós-graduação em gestão e avaliação da educação na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF); Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente pela Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN) e Doutora em Educação pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Membro da comissão que elaborou do Projeto Pedagógico do Curso de Pedagogia da Unilab, É orientadora de estudantes da iniciação científica (Bolsistas do PIBIC). Foi indicada pela Secretaria de Educação do Estado do Ceará (Seduc/CE) a Medelha do Mérito Funcional/2010; vencedora do II Prêmio Ciências MEC/CNPq/ONU; vencedora do Prêmio Educando Pela Diversidade Sexual, do Senado Federal; vencedora do prêmio Artur Guedes. Tem experiência na área de gestão, Ciências Humanas, atuando principalmente nos seguintes temas: Direitos Humanos, Diversidade cultural, Etnicorracialidade, gênero e sexualidade, Educação, Políticas públicas e Movimentos Sociais.

 

Mais informações sobre o evento consulte o site: https://lgbt.arizona.edu/2016-Trans-studies

Comentários encerrados.