Unilab participa da Semana dos Alimentos Orgânicos

Entre 30 de maio e 4 de junho será realizada, no Ceará, mais uma Semana dos Alimentos Orgânicos. O Instituto de Desenvolvimento Rural (IDR) da Unilab participa da organização do evento, com professores em mesas-redondas e um dia inteiro de programação na Unilab.

Na segunda-feira (30), o professor Francisco Nildo participa da mesa-redonda “Comercialização e Mercado de Produtos Orgânicos no Ceará”. Já na quinta-feira (2), a programação da semana ocorre na Unilab, no Campus das Auroras. Às 9h ocorre a mesa-redonda “Desafio para a Produção Sustentável”, que tem entre os participantes a professora Daniela Queiroz. Pela tarde, às 14h, ocorre a palestra “Produção de alimentos saudáveis”.

O evento, de caráter nacional, é uma promoção da Comissão da Produção Orgânica do Estado do Ceará (CPOrg-CE) e visa popularizar os alimentos orgânicos, tornando-os mais conhecidos entre os consumidores, principal alvo da campanha. O objetivo, portanto, é fomentar a agricultura orgânica e tornar esta atividade cada vez maior, por meio de ações que visam a esclarecer o que é, como se desenvolve e quais as vantagens de se produzir e de se consumir produtos com essas características.

Segundo os organizadores, a busca por alimentos mais saudáveis tem impulsionado a atividade no Brasil e no Mundo. De acordo com a consultoria Organics Brasil, especializada na avaliação do mercado brasileiro, o consumo de produtos orgânicos cresce, em média, 20% ao ano, considerando-se o período de 2010 a 2015. Em 2015, o mercado nacional somou 2,5 bilhões de reais, com crescimento de 25% frente a 2014; para 2016, a expectativa é de que o número cresça 30%, ultrapassando os 3 bilhões de reais.

“Deve-se ressalvar que, além da questão da ausência de agrotóxicos nos produtos finais, o conceito legal abrange questões sociais, culturais e ambientais, entre outras, tão importantes quanto as que se referem exclusivamente ao alimento pronto para consumo. Nessa medida, percebe-se a abrangência deste setor, que deve ser enxergado de forma sistêmica, tendo suporte nas diversas vertentes da seara agrícola, que começam antes da produção e se estendem além da porteira das unidades produtivas”, ressalta a organização da Semana.

Com informações da assessoria da Semana dos Alimentos Orgânicos.

Confira abaixo a programação:

Comentários encerrados.