Grupo de pesquisa e extensão do Campus dos Malês oferece acesso a leitura, através de embarcação, a comunidades na Baía de Todos os Santos

logo_final-1-345x309

Está acontecendo de 06 a 10 de junho, na comunidade de Passé, município de Candeias/BA, a ação “Biblioteca Náutica na Baía de Todos os Santos”, do grupo de pesquisa e extensão que tem o mesmo nome. O projeto tem o objetivo de difundir a leitura nas comunidades de mais difícil acesso na Baía de Todos os Santos, através de uma embarcação, e com um acervo bibliográfico diferenciado que valorize a literatura afro-brasileira, africana, indígena e local.

A embarcação ficará aportada durante cinco dias na comunidade para que as crianças possam visitar o acervo e participar de rodas de contação de histórias. Além disso, serão realizadas oficinas de formação para os professores e demais interessados da comunidade; assim como, oficinas de arte e cultura para as crianças, como, por exemplo, produção de máscaras africanas, bonecas e pinturas corporais. Outro objetivo da biblioteca é potencializar a mobilização dos moradores da comunidade, criando um espaço de compartilhamento e de visibilidade de suas histórias, memórias e produções artísticas.

O projeto é coordenado pela professora Cristiane Souza e conta com o apoio de sua equipe: Joseane Costa – vice-coordenadora; Bruno dos Anjos e Helka Sampaio – bibliotecários do Campus dos Malês; e Joice Lorena Alves, Chitungane Chachuaio, Fabiana Gilard, Carolina dos Santos, Bruna Aparecida e Thalita Maia – bolsistas e voluntários do curso de Bacharelado em Humanidades (BHU). A ação conta ainda com a participação da professora da rede de educação local, Luiza Regis, além da parceria da Secretaria de Educação Municipal de Candeias.

Confira a programação abaixo:

Slide2

2

Comentários encerrados.