Seminário “Produção e Tecnologia no Campo” sobre Biogestor acontece na próxima quinta (16), em Barreira/CE

Panfleto MASTS -sobre Biodigestores-1

A estudante Maria Luciene da Silva, do Mestrado em Sociobiodiversidade e Tecnologias Sustentáveis (Masts), apresenta, na próxima quinta-feira (16), a partir das 10h, na Comunidade de Uruá/Barreira, o Seminário “Produção e Tecnologia no Campo” sobre Biogestores com integração entre a Unilab e a comunidade dos municípios de Barreira, Acarape e Redenção. Sairá ônibus com 20 vagas para estudantes, as 9h, da Unidade Acadêmica dos Palmares.

A pesquisa tem a coordenação do professor Juan Carlos Alvarado, coordenador do Masts e do Instituto de Engenharias e Desenvolvimento Sustentável (Ieds).

A peculiaridade da pesquisa está na apresentação do manuseio e o reaproveitamento dos dejetos animais e resíduos vegetais na fabricação de biogás e biofertilizantes, insumos de grande interesse econômico e ambiental como alternativa sustentável e a produção do composto “Biomassa” (matéria prima para alimentação do biodigestor como resíduos vegetais e dejetos animais), as vantagens e desvantagens e os incentivos para o investimento na tecnologia.

Luciene da Silva explica que a pesquisa surgiu a partir de uma demanda apresentada pelo agricultor Edilson Santiago, que possui uma criação de suínos e enfrentava dificuldades quanto à destinação dos dejetos. Assim como esse produtor, outros produtores da região possuem expressivo potencial de produção de biomassa.

“O biodigestor foi uma solução para o problema, além de gerar receitas através da produção do biogás, que é substituído pelo gás de cozinha, e do biofertilizante que é utilizado como adubo orgânico nas plantações”, explica.

O Banco do Nordeste (BNB) vai viabilizar o projeto liberando recursos aos agricultores para pagamento em até dois anos.

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce) está apoiando a realização do seminário no convite aos agricultores familiares da região, tendo em vista que alguns municípios cearenses possuem biodigestores instalados.

Para outras informações, entrar em contato com luproduzir@hotmail.com

Download (PDF, 293KB)

Comentários encerrados.