Exposição Mosaicos de Papel será lançada na próxima sexta (15)

unnamed (1)

A Exposição Mosaicos de Papel, projeto de extensão pela Pró-reitoria de Extensão, Arte e Cultura (Proex), será lançada na próxima sexta (15), às 19h30min, no Campus da Liberdade/CE. A exposição faz parte das atividades do Pré-Festival das Culturas das Unilab, mas estará também dentro da programação do Festival que começa dia 19 e vai até o dia 22 de julho.

A Exposição Mosaicos de Papel é resultado das oficinas dos estudantes das diversas nacionalidades dos países parceiros da Unilab que, durante vários meses, se reuniram aos sábados na universidade com o objetivo de criar obras coletivas revestidas de papel através de técnicas de colagem e utilizando materiais alternativos e recicláveis.

Dentre os temas abordados nas oficinas foram: técnicas e conceitos em mosaicos e colagens; introdução à história da arte; passo a passo da confecção das obras feitas de mosaico de papel; escolhas das obras que seriam reproduzidas; dicas de conservação das obras feitas de pape e o processo de organização e curadoria da exposição da produção do material até a montagem final.

image

Especialmente pensada para a Festival das Culturas a exposição reúne obras distribuídas em três seções:

> Bandeiras das Nações: compostas pelas bandeiras estilizadas dos países Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP);

> Versões: obras frutos da visão de grupos de estudantes baseados em obras renomadas como o Abaporu de Tarsila do Amaral, imagens que circulam pela internet ou recriações de imaginários múltiplos;

> Primeiras: as obras iniciais em que o artista e produtor cultural Nixon Araújo usou como base para ensinar a técnicas aos estudantes.

Sobre o facilitador

Nixon Araújo durante realização da oficina mosaico de papel.

Nixon Araújo durante a realização da oficina mosaico de papel.

Nixon Araújo, que trabalha na Unilab, é formado em Filosofia e aluno do Mestrado Interdisciplinar em Humanidades pela Unilab. Trabalha também como produtor cultural e já atuou na Secretaria da Cultura do Estado do Ceará e na Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza. Trabalha com arte voltada para a educação, ministrando oficinas de colagem chamadas Mosaicos de Papel, onde são trabalhadas releituras de obras de artes com a utilização de materiais reciclados através de colagens. Estas oficinas já foram ministradas em vários lugares, entre eles nas Comunidades Eclesiais de Base do José Walter, Biblioteca Pública Estadual – Espaço Estação, na Biblioteca Municipal Dolor Barreira.

BOTAO-AVALIE

Comentários encerrados.