Representantes do conselho de reitores discutem financiamento e autonomia das universidades

MOD_MG_4613

Conselho de Reitores das Universidades Cearenses (Cruc)

O Conselho de Reitores das Universidades Cearenses (Cruc) realizou, na última terça-feira (2), reunião extraordinária para tratar sobre a necessidade da implementação de dois grupos de trabalho para formulação de uma lei orgânica que regulamente e oficialize as formas de financiamento das universidades estaduais (IEs) e autonomia dessas instituições – tais como administrativa, didático-científica e de gestão financeira e patrimonial.

O encontro do Cruc ocorreu no auditório da Secretaria de Ciências e Tecnologia (Secitece) e foi liderado pelo presidente do conselho, reitor da Universidade Regional do Cariri (Urca), Patrício Melo, contou com a participação do reitor da Universidade Estadual do Ceará (Uece), Jackson Sampaio, da pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação (Proppg), Albanise Marinho; do professor e ouvidor-adjunto da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Flávio Pinheiro; dos professores da Secitece, Francisco Carvalho, Cândido Neto e Rose Jane; dos professores da Universidade Regional do Cariri (Urca), Emmanoel Lima, Kátia Regina, Carmem Lúcia e Manuela Brito; e da colaboradora da Coordenadoria de Educação Superior da Secitece, Rose Jane Albuquerque.

Segundo a pró-reitora da Proppg, Albanise Marinho, as instituições relataram como estão executando uma determinada rubrica, como os cortes na educação superior cearense podem refletir nas atividades didáticas e sistêmicas, como está a situação da educação superior, da pós-graduação e das pesquisas nas universidades. “Estas reuniões do Cruc deveriam ser mais fortalecidas, para que o Estado do Ceará tenha peso nas decisões das políticas públicas quanto às IEs, já que proporcionam um momento de troca de experiências”, declarou Albanise.

O Conselho de Reitores das Universidades Cearenses (Cruc), por ser uma entidade civil, busca reunir as universidades para desenvolver a educação superior no Estado do Ceará.

BOTAO-AVALIE

Comentários encerrados.