“Violência, Democracia e Segurança Cidadã no Brasil” é tema da mesa-redonda da próxima quarta-feira (30)

seguranca-publica

A temática da mesa-redonda “Violência, Democracia e Segurança Cidadã no Brasil: desafios intelectuais e políticos em um contexto de resistência” será discutida na próxima quarta-feira (30), às 10 horas, no Auditório do bloco didático do Campus da Liberdade, Redenção/CE.

O Grupo de Pesquisas sobre Conflitos, Violências e Segurança Pública e o Programa Pulsar – Sociologia convidam a toda comunidade acadêmica e ao público em geral para participarem do evento, aberto e gratuito, sem necessidade de inscrição prévia, que compõe o calendário do movimento de ocupação estudantil da Unilab.

A realização tem o apoio do Movimento de Ocupação da Unilab, da Coordenação e Comissão de Mobilização e Eventos do Colegiado de Sociologia e do Laboratório de Estudos da Violência (LEV) da Universidade Federal do Ceará (UFC).

A discussão vai abordar sobre a questão da violação dos direitos humanos no Brasil, o crescimento dos índices de criminalidade violenta e o atraso na reforma das organizações de segurança pública e da justiça criminal, além das mudanças no padrão da criminalidade organizada, os pactos de pacificação entre facções, os altos índices de encarceramento e a letalidade policial. Este cenário impõe necessidade constante da reflexão e da pesquisa e o desafio da invenção de novas práticas.

A mesa-redonda conta com palestrantes e pesquisadores de referência no debate nacional sobre o tema, como o professor da Universidade de São Paulo (USP), Sérgio Adorno, pelo professor da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV- EAESP), Renato Sérgio de Lima e pelo professor de Sociologia do curso de Licenciatura em Ciências Humanas/Sociologia da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Clodomir Cordeiro de Matos Júnior.

Os certificados de participação serão emitidos junto à coordenação do Programa Pulsar – Sociologia/Unilab.

Sobre os Palestrantes:

Sérgio Adorno é professor em Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH/USP) e presidente da Associação Nacional de Direitos Humanos – Pesquisa e Pós-Graduação (ANDHEP) além de ser coordenador Científico do Núcleo de Estudos da Violência (NEV/USP) que que há mais de 30 anos contribui com estudos sobre a persistência da violência dos direitos humanos, as condições carcerárias, os padrões de criminalidade e os desafios para a institucionalidade democrática.

Renato Sérgio de Lima é professor da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV- EAESP) e vice-presidente do Conselho de Administração do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP.

Clodomir Cordeiro de Matos Júnior é professor de Sociologia no curso de Licenciatura em Ciências Humanas/Sociologia da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Campus de São Bernardo e coordenador do Grupo de Estudos e Pesquisas Interdisciplinares sobre as Cidades (Citadinos) da UFMA. Pesquisa sobre temas relacionados às familiares de vítimas de violência. É parceiro do “Grupo de Pesquisas sobre Conflitos, Violências e Segurança Pública” da Unilab na reflexão sobre o tema da “interiorização” da criminalidade violenta.

BOTAO-AVALIE

Comentários encerrados.