Projeto de extensão (ProEnem) discutirá ações em escolas do Maciço de Baturité

Na próxima terça-feira (7), a partir das 8 horas, na Escola Estadual Camilo Brasiliense, em Redenção/CE, a equipe de execução do Projeto Palestras Interdisciplinares e Oficinas de Redação para o Enem (ProEnem), vinculado à Pró-Reitoria de Extensão Arte e Cultura (Proex), iniciará o ciclo de atividades de 2017 através do encontro com a comunidade estudantil.

O projeto de extensão ProEnem é coordenado pelo professor do Instituto de Humanidades e Letras (IHL), Olavo Garantizado e sua equipe de uma bolsista remunerada, 10 estudantes voluntários e quatro professores colaboradores.

Segundo Olavo, a ideia dos executores das ações é de apresentar à comunidade estudantil das escolas a importância das atividades a serem desenvolvidas no ambiente de ensino, como um instrumento auxiliar para a produção de texto dos estudantes pré-universitários.

– Equipe de execução do ProEnem e a diretora da Escola Estadual Camilo Brasiliense, Silvanira Costa.

As ações do projeto estão sendo desenvolvidas, desde agosto de 2016, aos estudantes pré-universitários, com elaboração de provas simuladas de redação, para o exercício da escrita. A partir dos textos elaborados, a equipe executora do projeto, por meio de uma análise criteriosa, desenvolve oficinas de prática textual (os bolsistas do projeto que as ministrarão nas escolas) e laboratório de redação (os bolsistas do projeto farão a correção das redações nas escolas).

Paralelo a isso, o coordenador do projeto e os demais professores convidados desenvolvem palestras interdisciplinares e contextualizadas, a fim de promover uma melhora significativa na argumentação dos estudantes pré-universitários como propostas nas redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Na nova etapa do projeto, as atividades ocorrerão nas escolas públicas estaduais da região do Maciço de Baturité/CE: na Almir Pinto, em Aracoiaba, Liceu Domingos Sávio, em Baturité, Brunilo Jacó, Camilo Brasiliense e Adolfo Ferreira (em Redenção, Menezes Pimentel, em Pacoti e Franklin Távora, em Itapíuna.

O público-alvo das ações abrange cerca de 3500 alunos do 2º e 3º ano do Ensino Médio. Além das ações presenciais, até o final do mês de março, o coordenador geral do ProEnem, juntamente com alunos voluntários, vão desenvolver um “Portal Educacional” com cursos na plataforma digital, disponibilizando gratuitamente, aulas na modalidade de Educação à Distância, assim como materiais didáticos.

Comentários encerrados.