ELOSS promove círculo epistemológico sobre Juventude, Educação e Desenvolvimento Humano

Nesta sexta-feira (10) o grupo de pesquisa e extensão Educação e Cooperação Sul-Sul (ELOSS), do Programa de Bolsas de Extensão, Arte e Cultura (Pibeac), da Pró-Reitoria de Extensão, Arte e Cultura (Proex), promove círculo epistemológico “Juventude, Educação e Desenvolvimento Humano: reflexões a partir de Cabo Verde”, a partir das 9 horas, no Auditório 1 do Campus das Auroras, em Redenção/CE.

O evento é aberto ao público e traz a participação do professor do Instituto Universitário de Educação (IUE) de Cabo Verde, Florenço Varela, que vem desenvolvendo uma parceria com a Unilab desde o ano de 2010, tendo colaborado no processo de implantação da universidade na região do Maciço de Baturité, através de visitas aos municípios constituintes da região. Neste processo se destacam os diálogos tecidos junto à comunidade quilombola da Serra do Evaristo, a escola indígena de Aratuba e o Centro de Educação de Jovens e Adultos Donaninha Arruda do município de Baturité/CE.

Durante o círculo epistemológico, serão estabelecidos diálogos com professores da Unilab e rede pública de ensino dos municípios do Maciço de Baturité, com os estudantes da Unilab e jovens envolvidos nos projetos, sobre a trajetória histórica de Cabo Verde, considerando o importante papel desempenhado pela educação no processo de libertação e desenvolvimento do país, através do desenvolvimento do povo caboverdiano.

Neste ano de 2017, o professor Florenço Varela visita a Unilab com a missão acadêmica de colaborar com o fortalecimento da perspectiva da integração internacional em articulação com os projetos de extensão do Instituto de Ciências Exatas e da Natureza (Icen).

Entre os projetos que fazem parte do programa Icen/Pibic/Unilab estão: “Circuito Intercultural e Vivências em Educação de Jovens e Adultos (Civeja)”, coordenado pela professora, Elisangela André, “Mediação de Conflitos: conhecer para intervir”, coordenado pela professora Sinara Almeida, “Rede JUBRA: diálogos interculturais, movimentos sociais, juventudes e universidades em movimento”, coordenado pela professora Jacqueline Freire e do “Juventude, diáspora e educação das relações étnico-raciais em movimento (UBUDEHE), coordenado pelo professor Elcimar Martins.

Comentários encerrados.