Projeto Clube de Français: Francophonie à L’Unilab apresenta a 1ª “Mostra de Cinema Francófono”, segunda-feira (13)

Na próxima segunda-feira (13), o projeto Clube de Français: Francophonie à L’Unilab, vinculado ao Programa de Bolsa de Extensão Línguas Estrangeiras e Portuguesas (Pibelpe), exibirá a primeira edição da “Mostra de Cinema Francófono: francês como língua internacional em debate”, a partir das 16 horas, no Auditório do bloco didático do Campus da Liberdade, em Redenção/CE.

O evento é uma realização do Club de Français: Francophonie à l´Unilab, coordenado pela professora do Instituto de Humanidade e Letras (IHL), Meire Cabral, do Grupo de Pesquisa África Contemporânea, professora Larissa Gabarra, que fazem parte do Programa de Bolsa de Extensão Línguas Estrangeiras e Portuguesas (Pibelpe), em parceria com a Aliança Francesa (Fortaleza), Embaixada da França no Brasil, Cinemática da Embaixada da França, Institut Français.

A abertura da programação tem início com a presença da adida de cooperação para o Francês do Consulado Geral da França em Recife/PE, Cecília Goloboff e com a diretora da Aliança Francesa em Fortaleza, Magali Claux e da mediadora e coordenadora do grupo de pesquisa do Club de Français: La francophonie à l´Unilab, professora Meire Cabral.

Dando continuidade, a partir das 17 horas, acontecerá a exibição e discussão do longa-metragem “Lumumba”, do cineasta haitiano Raoul Peck com Alex Descas e Eriq Edouaney, que buscaram traçar o perfil do revolucionário congolês Patrice Lumumba e expondo a trama belgo-estadunidense para assassiná-lo, num gênero drama histórico. Para traçar um impactante perfil de Lumumba, Raoul Peck se valeu de dois filmes, o documentário “Lumumba, a Morte do Profeta”, de 1992, e o longa-metragem “Lumumba”, de 2000.

Comentários encerrados.