Unilab renova parceria com a Fundação Cearense de Pesquisa e Cultura (FCPC) e a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep).

No último dia 9, a Secretária de Educação Superior (Sesu), publicou no Diário Oficial da União (DOU) a renovação da autorização de apoio, pelo período de um ano, entre a Unilab e a fundação de apoio da Universidade Federal do Ceará (UFC), Fundação Cearense de Pesquisa e Cultura (FCPC), como também, com a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep), através das portarias conjuntas nº 14 e nº 17, respectivamente.

A renovação das parcerias trata-se de uma prorrogação a concessão já efetivada pelo MEC e credenciadas junto aos Ministérios da Educação e da Ciência e Tecnologia, que certamente vão impulsionar o desenvolvimento científico e tecnológico por meio da pesquisa e do fortalecimento cultural da universidade e toda sua comunidade acadêmica, além de proporcionar desenvolvimento regional.

Dentre outros objetivos, essas fundações de apoio vão colaborar com a universidade no preparo, execução e avaliação de programas de ensino, pesquisa, extensão e atividades culturais a se realizarem, além de celebrar contratos, acordos ou convênios com instituições públicas ou particulares, membros de instituições estrangeiras, visando, através de cooperação técnica ou financeira, apoiar, fortalecer ou ampliar os serviços dessas instituições e a utilizá-los em conjunto com os programas em execução.

Os futuros projetos serão submetidos às inscrições considerando à operacionalização das ações desenvolvidas pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Proppg), Pró-Reitoria de Planejamento (Proplan) e Pró-Reitoria de Administração (Proad).

Sobre as Fundações de Apoio
São instituições criadas com a finalidade de dar apoio a projetos de pesquisa, ensino, extensão e de desenvolvimento institucional, científico e tecnológico, de interesse das instituições federais de ensino superior (Ifes) e também das instituições de pesquisa. O prévio credenciamento junto aos Ministérios da Educação e da Ciência e Tecnologia é requerido em razão da relação entre as instituições federais e as fundações de apoio serem de fomento ao desenvolvimento de projetos de ensino, pesquisa e extensão, sendo função das fundações dar suporte administrativo e finalístico aos projetos institucionais.

Comentários encerrados.