Hemoce e Unilab realizam cadastro de Doadores Voluntários de Medula Óssea para ajudar o pequeno Isaac Bomfim

Atendendo a uma solicitação do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceara (Hemoce), a Unilab realiza, no dia 6 de abril, das 9h às 16h, na Unidade Acadêmica dos Palmares, em Acarape/CE, um cadastro para as pessoas interessadas em participar do Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome), órgão vinculado ao Instituto Nacional do Câncer (Inca).

A demanda foi criada a partir do caso do pequeno Isaac Bomfim, filho de Cristina e Edson Bomfim e morador de Acarape, que necessita de doador para fazer um transplante de medula óssea. A partir desse caso, Nagela Oliveira, Coordenadora da Captação de Doadores do Hemoce mostrou-se sensível com a campanha nas redes sociais para a conscientização das pessoas para participarem do banco de dados de medula óssea.

Então, a Unilab decidiu se juntar a essa corrente de solidariedade e convida a comunidade acadêmica para participar desse importante cadastro.

Doe medula óssea

A chance de encontrar um doador compatível é de uma a cada 100 mil pessoas, por isso a necessidade de ampliar o cadastro e, principalmente, de manter os dados atualizados. Todos os candidatos são registrados no Redome, órgão vinculado ao Inca. Para aumentar as chances de transplante, diversos países do mundo compartilham os seus cadastros de doadores. No ato do cadastro, é coletada uma amostra de sangue para exames.

Download (PDF, 3.41MB)

Comentários encerrados.