Pesquisadores da Unilab participam do II Encontro de Crítica e Tradução do Exílio em Brasília

Na próxima semana, de 24 a 26 maio, acontecerá o II Encontro de Crítica e Tradução do Exílio, no auditório de Letras do Campus Darcy Ribeiro, na Universidade de Brasília (UnB), na capital do país.

Segundo a co-fundadora do Grupo de Crítica e Tradução do Exílio, Tarsilla Couto de Brito,  em seu texto “Por uma crítica e tradução do exílio”, o evento tem como objetivo contar a história de formação desse grupo e, simultaneamente, desenhar os sentidos teóricos que a palavra exílio vem desenvolvendo para nós.

Entre as inúmeras atividades, a docente do Instituto de Humanidades e Letras (IHL), Ludmylla Lima participará da palestras Inquietações do exílio 1 com o tema “Formas do realismo em narrativas africanas de língua portuguesa, sob a moderação mestre em educação pela Universidade de Brasília (Unb), Rosana Correia.

A palestra “A graduação (também) pesquisa” conta com a participação dos estudantes Emilly Sampaio Silva Veloso e Noé Vitorino Vermelho Có, pesquisadores do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica para o Ensino Médio (PIBIC-EM/CNPq), vinculados à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (CPQ/Proppg), trazendo a pesquisa “Tradição e modernidade em A noiva de Kebera”, sob a orientação da professora do (IHL), Ludmylla Lima. A atividade será mediada por Fernanda Alencar Pereira, professora da Unb e mestre em Literatura de Língua Inglesa pela Université de Rennes II, na França.

Confira AQUI a programação completa!!

Comentários encerrados.