Repositório Institucional da Unilab disponibiliza acervo digital com mais de 400 documentos

A Diretoria do Sistema Integrado de Bibliotecas da Unilab (Dsibiuni), por meio da Biblioteca do Repositório e Biblioteca Digital das Auroras (BRBD), disponibiliza seu repositório institucional no endereço repositorio.unilab.edu.br, que também pode ser acessado no Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa), nas abas Biblioteca/Repositório Institucional. A ferramenta compila mais de 400 documentos, entre trabalhos de conclusão de curso (TCCs), artigos e teses.

O repositório institucional funciona como um guardião do saber produzido pela comunidade acadêmica da Unilab: reúne, armazena, organiza, recupera, preserva e dissemina a produção científica e intelectual da comunidade universitária (docentes, pesquisadores, técnicos e estudantes de graduação e pós-graduação stricto sensu).
Com acesso livre, nele é possível pesquisar por qualquer termo na caixa de busca: por autor, pelo tema do trabalho de conclusão de curso (TCC), pelo ano, pelo assunto (palavras-chave), como também ver quais os TCCs que pertencem a uma determinada comunidade.

Criado em fevereiro de 2016, o repositório reúne inicialmente os TCCs dos discentes de graduação e pós-graduação e as teses de alguns docentes que doaram para a biblioteca o material em formato pdf. O acervo está organizado por comunidades, ou seja, são pastas separadas por institutos ou setores, tais como a Diretoria de Educação Aberta e a Distância (Deaad), no caso de cursos em educação a distância. Dentro destas comunidades estão as subcomunidades, que são os cursos de graduação ou pós-graduação, e dentro das subcomunidades estão as coleções, que são os tipos de arquivo do documento: artigo, monografia, tese, capítulo de livro etc.

Responsável pelo repositório, a bibliotecária Silvana Araújo destaca que a ferramenta contribui para aumentar o impacto da pesquisa científica, incrementando a visibilidade e acessibilidade. “Os documentos depositados no repositório também são recolhidos, indexados e podem ser pesquisados através das ferramentas de pesquisa na web, como o Google e o Yahoo. O repositório oferece aos autores a possibilidade do autoarquivamento de seus documentos, bem como acompanhar as estatísticas de download e de consulta de cada um de seus trabalhos disponibilizados”, explica.

O repositório leva em consideração a necessidade de preservação e ampliação da produção técnico-científica da instituição; a potencialização do intercâmbio entre Unilab e outras instituições, acelerando o desenvolvimento de pesquisas e ampliando o acesso, visibilidade e recuperação da produção técnico-científica; e também contribui para a elaboração de indicadores de produção científica e tecnológica institucional e para os processos de ensino-aprendizagem por meio do acesso mais fácil ao conhecimento produzido.

Como posso contribuir?

Para contribuir para a divulgação da produção científica da Unilab, basta que os membros de sua comunidade acadêmica enviem seus arquivos de qualquer produção científica, em pdf, seja artigo, monografia, dissertação, tese, trabalho publicado em eventos etc. Essa é uma ferramenta que possibilita acesso ao conhecimento tanto para os usuários que estão na Unilab quanto para os usuários externos.

O arquivo deve ser enviado ao e-mail repositorio@unilab.edu.br , a tratar com Silvana Araújo. O interessado também deve assinar um termo de autorização para publicação deste material, na biblioteca do Campus da Liberdade. A coordenação do repositório tem uma sala física, que fica no Campus das Auroras, sala 101, Bloco C.

Total de documentos já inseridos no DSPACE (software livre gratuito) até o final de março deste ano:
Artigos: Enfermagem (2016);
Monografias: Especialização em História e Cultura Afro-Brasileira, Indígena e Africana Uniafro (2013, 2014), Especialização em Políticas de Igualdade Racial no Ambiente Escolar Uniafro (2016), Bacharelado em Humanidades (Redenção) (2014, 2015), Bacharelado em Administração Pública Presencial (2015, 2016), Agronomia (2016), Engenharia de Energias (2016), sendo até a data de 30/3/2017: 144 TCCs de 2016, 101 TCCs de 2015, 156 TCCs de 2014 e 3 TCCs de 2013, totalizando 404 documentos inseridos no DSPACE.

Comentários encerrados.