“Por uma História de África a partir dos Ossos de Ishango” será tema de palestra no Campus dos Malês

Jacques Depelchin  professor da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS).

Jacques Depelchin professor da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS).

Acontece na próxima quinta-feira (6), a partir das 14h, no auditório do Campus dos Malês da Unilab, em São Francisco do Conde/BA, a palestra “Por uma História de África a partir dos Ossos de Ishango”.

A palestra, que será ministrada pelo professor da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Jacques Depelchin, com mediação do professor da Unilab, Bas’Ilele Malomalo, abordará o resgate da História de África a partir dos ossos encontrados em 1960 na localidade de Ishango no Antigo Zaire (Atual República Democrática do Congo).

Tais ossos que, datam do período do Paleolítico Superior (cerca de 20.000  anos AC a 18.000 AC) com traços talhados divididos em três colunas, formam um sistema numérico que vai muito além da contagem. Assim, presume-se que os “Ossos de Ishango” constituem a primeira calculadora construída pelo homem.

O evento é organizado pelo professor Ercílio Langa, no âmbito do Programa Pulsar e dos Programas “Seminários Internos” organizados pelos “Grupo de Pesquisa África-Brasil: produção de conhecimento, sociedade civil e cidadania global” e do “Diásporas- grupo de estudos sobre Migração, Raça e Etnicidade”, ambos sediados no campus dos Malês.

Terá com os tutores Dairine Carvalho e Bartolomeu Epalanga (Programa Pulsar) que auxiliarão os estudantes e professores durante a palestra.

Comentários encerrados.