Projeto “Sociologia Co(m)Vida” discute as narrativas de pesquisa entre os Tremembé de Almofala, Ceará.

Nesta quarta-feira, dia 12/07, a partir das 18h30, no Auditório do Bloco Administrativo do Campus da Liberdade, em Redenção/CE, o curso de Licenciatura em Sociologia, em parceria com o Bacharelado em Humanidades (BHU) e a direção do Instituto de Humanidades e Letras (IHL), promove mais uma edição do evento “Sociologia Co(m)Vida”: Narrativas de pesquisa entre os Tremembé de Almofala/CE: Saberes tradicionais, relações com a Natureza e práticas alimentares.

Desta vez, o convidado é Gérson Oliveira, antropólogo, professor adjunto da Universidade Estadual do Ceará (UECE), que abordará temas, a partir de sua larga experiência de pesquisa entre o povo Tremembé de Almofala/Ceará, referentes a questões de etnicidade, cultura, saberes tradicionais, memória e oralidade.

O evento, destinado à comunidade acadêmica e a sociedade em geral, também se apresenta como uma atividade do Núcleo de Estudos das Performances Culturais e do Patrimônio Cultural Imaterial (PerformArte/Unilab), constituindo, assim, uma espécie de convite para diálogos entre docentes e discentes interessados nas citadas temáticas.

Sobre o palestrante

Gérson Augusto Oliveira Júnior possui graduação em História pela Universidade Estadual do Ceará (1990), mestrado em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará (1997), doutorado em Ciências Sociais (Antropologia) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2003) e Pós-doutorado em Democracia e Direitos Humanos pela Universidade de Coimbra. Atualmente é professor Adjunto j da Universidade Estadual do Ceará. Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Etnologia Indígena, atuando principalmente nos seguintes temas: antropologia e história da alimentação, cultura, etnicidade, saberes tradicionais, memória e oralidade.

 

 

Comentários encerrados.