Curta-metragem produzido por estudantes da Unilab, Uece e povo indígena Pitaguary ganha premiação no Festival Cine Ceará

O documentário de curta-metragem “A lenda Cotidiana”, produzido por estudantes da Unilab e Universidade Estadual do Ceará (Uece), recebeu prêmio de “Melhor Filme ” na Mostra Olhar do Ceará – mostra local do Festival Cine Ceará, que aconteceu em Fortaleza entre os dias 5 e 11 deste mês.

O filme tem a produção do coletivo Entre Olhos, formado por diferentes estudantes interessados na produção audiovisual, entre eles Victor Maia, do curso de Bacharelado em Humanidades, Erick Sousa e Fellipe Farias, do curso de Antropologia, além da estudante de Letras da Uece, Bárbara Moura.

Gravado com o povo indígena Pitaguary, na aldeia da Monguba/Pacatuba, o filme faz parte de um projeto relacionado aos registros audiovisuais para o Museu Indígena Pitaguary. O documentário foi gravado no ano de 2016.

O curta de onze minutos foi selecionado para a mostra local do Festival Cine Ceará, Olhar do Ceará. Na sexta-feira (11) foram anunciados os premiados da mostra e a produção com direção de Bárbara Moura (Uece) e Erick Sousa (Unilab) foi escolhida o melhor curta-metragem,  além de ter recebido os prêmios especiais “Unifor de Audiovisual” e o “Mistika”.

O filme ainda conta com o roteiro da liderança indígena Rosa Pitaguary, fotografia de Victor Maia e Bárbara Moura; e assistência de montagem de Fellipe Farias.

Veja o trailer do filme e mais informações no site do Cine Ceará.

 

Comentários encerrados.