Posse marca início da 1ª gestão do Diretório Central Estudantil (DCE)

Gestão “Todas as Vozes no DCE”

A Gestão “Todas as vozes no DCE” tomou posse para o período de 2017/2018, nesta segunda-feira (16), no Campus da Liberdade, em Redenção/CE. A solenidade foi transmitida para o Campus dos Malês, em São Francisco do Conde/BA.

Participaram da solenidade de posse, o membro da Executiva Nacional da União Nacional dos Estudantes (UNE), Mário Magno; a representante da “Macha das Mulheres”, Mirela Lourenço; a representante do Coletivo Nacional de Juventude Negra (Enegrecer), Geyse Anne da Silva; a representante do Coletivo de Juventude “Kizomba”, Karolina Lacerda; representando a Reitoria, o pró-reitor de Relações Institucionais (Proinst), Edson Borges; o representante da Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Estudantis (Propae), Hericksson Rebouças; e os representantes das associações dos países parceiros: São Tomé e Príncipe, Cabo Verde, Moçambique e Guiné-Bissau.

O Diretório Central Estudantil (DCE) foi instituído fruto da articulação da comunidade discente durante a programação do I Congresso Estudantil da Unilab (I Ceuni), ocorrido em 2016, com intuído de fortalecer as pautas e reivindicações estudantis.

A escolha da composição da Coordenação Executiva do Diretório Central Estudantil da Unilab para a representação discente junto aos Conselhos Superiores foi escolhida no primeiro processo eleitoral, que aconteceu no mês de setembro deste ano. O DCE indicará os membros para o Conselho Universitário (Consuni) e, posteriormente, para o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, Conselho de Curadores e Conselho Administrativo, estes últimos quando forem criados.

Para membro da Executiva Nacional da UNE, Mário Magno, este momento mostra a importância da constituição de um órgão eleito que represente a comunidade discente de forma democrática e participativa. “Vamos pautar nossos trabalhos na importância da defesa do projeto da Unilab, como também na defesa das universidades públicas e de qualidade”, afirmou o estudante.

A importância da existência de um DCE e dos Centros Acadêmicos (CAs) “é ter interlocutores evidenciados dentro da universidade. É necessário ter um DCE como espaço de presença ativa e orgânica dentro da instituição para encarar e promover o enfrentamento das dificuldades de gestão e da vida da Unilab”, declarou o pró-reitor da Proinst, Edson Borges.

Comentários encerrados.