II Marx & Debord e II Colóquio Teoria Crítica acontecem em parceria com Unilab

Dez anos após a primeira edição, o II Encontro Marx & Debord acontece em uma realização conjunta com o II Colóquio Teoria Crítica. Em parceria com o Mestrado Interdisciplinar em Humanidades da Unilab, o evento vai até a sexta-feira (10), no Centro de Humanidades da Universidade Estadual do Ceará (UECE). Na quinta-feira (9), a programação acontece na Unilab, na Unidade Acadêmica dos Palmares II.

O evento marca os 150 anos de “O Capital”, de Karl Marx, os 100 anos das Insurreições Russas e os 50 anos do livro “A sociedade do espetáculo”, de Guy Debord. “A junção significa uma retomada de uma série de eventos que marcaram o cenário filosófico cearense, tais como as Jornadas Benjaminianas, o Colóquio Teoria Crítica e Estética e a histórica Semana dos Malditos, em suas duas ocorrências”, explica a organização do evento.

Na tarde da quinta-feira (9), a partir das 16h, o evento acontece no Pátio do Bloco 2 da Unidade Acadêmica dos Palmares, com a Mesa 2, mediada pelo professor Adolfo Júnior, da Unilab. Na ocasião, Ilana Viana do Amaral (UECE) apresenta “Era Funqui ou era Punqui: em redor do buraco tudo é beira”. Na sequência, é a vez de Erick Quintas Corrêa (UNESP), com “As revoluções de 1968 na França e de 1974-75 em Portugal como renovação das tentativas de revolução proletária de 1917-21”.

À noite, das 18h30 às 21h, no mesmo local, a Mesa 13 conta com a mediação do professor Antonio Vieira, da Unilab, na apresentação de Paulo Eduardo Arantes (USP, CNPq). Participam da Comissão Organizadora os professores da Unilab Adolfo Júnior e Antonio Vieira, juntamente com professores e estudantes da UECE.

Confira aqui a programação completa.

Comentários encerrados.