Ciclo de Debates aborda migrações, estéticas negras e direitos humanos

Com o tema “Migrações, Estéticas Negras e Direitos Humanos”, o Ciclo de Debates Latitudes Africanas & Instituto Hori acontece na próxima segunda-feira (11). A atividade ocorre no Auditório do Campus dos Malês, em São Francisco do Conde/BA, das 14h30 às 22h. Haverá certificado de 8 horas para os participantes.

Durante a abertura será lançado o livro “Migrações Africanas e suas Diásporas: Resistências desde Sul”, com a participação de Bas’Ilele Malomalo (RDC), Beto Ifande (Guiné Bissau), Danilson da Veiga (Cabo Verde) e Naentrem Sanca (Guiné Bissau). Às 15h, é a vez da celebração de um ano da Embaixad’África e Batuque: Filosofia, estética e dança. Para comemorar, haverá uma intervenção artística da Embaixad’África, além da participação do grupo Bota Fala/Vozes da Unilab e do Grupo de Integração Musical da Unilab (GIMU).

A programação inclui, ainda, “Um papo sobre a atualidade africana: Tráfico de imigrantes africanos em Líbia e desafios do Islã, da União Africana e do CEDEAO”, a exposição “Sociedade, Diferenças e Direitos Humanos nos Espaços Lusófonos” e a roda de conversa “Dona Dalva: a Matriarca do Samba”.

O Ciclo de Debates é uma organização da Associação de Estudantes e Amigos da África (ASEA), do Coletivo de Mulheres Africanas (CMA), do Instituto Hori – Educação & Cultura, do Instituto do Desenvolvimento da Diáspora Africana no Brasil (IDDAB), do Latitudes Africanas, do Grupo de Pesquisa África-Brasil e da União de Estudantes Guineenses nas Américas (UEGA).

Confira a programação:

Download (PDF, 346KB)

Comentários encerrados.