Projeto Café com Letras abre 2018 com novidades

O projeto de extensão “Café com Letras: Saberes Acadêmicos e Práticas Docentes” abre 2018 com novidades. Nesta edição, o projeto traz vinte encontros, que acontecerão sempre às quintas-feiras, das 16h30 às 17h45, no Auditório do Campus da Liberdade, Redenção (CE).

A nova proposta terá início dia 8 de março, a partir das 16h30, com a palestra da professora do Instituto de Humanidades e Letras (IHL), Vanessa Teixeira de Freitas Nogueira, que ministrará a palestra “Docente surda e a Libras: um ato de ensinar com as mãos que falam e os ouvidos que não ouvem – superações e expectativas”. Na ocasião, a docente debaterá sobre os desafios de ser uma professora surda em uma Universidade.

Além do tradicional cafezinho após a conferência e o sorteio de livros para os participantes, na edição deste ano, a programação conta com uma novidade: as palestras serão organizadas em quatro ciclos: Educação Inclusiva; Caminhos da Pesquisa; Literatura, linguística e Ensino  e Linguagens Artísticas: experiências do fazer.

A ideia de organizar as palestras em ciclos, segundo a coordenadora do projeto professora do IHL, Geórgia Maria Feitosa e Paiva,  é estimular o debate de temas que tenham aproximação científica com o contexto social, político e acadêmico aos quais os alunos, professores e a comunidade do Maciço de Baturité estão inseridos.

Confira aqui o vídeo de apresentação no Canal do YouTube Oficial da Unilab.

Outras informações, divulgação das palestras, acesse ao Facebook do projeto.

Café com Letras

O Projeto de Extensão Café com Letras: saberes docentes e práticas acadêmicas, em sua sexta edição (2018-2019), está sendo coordenado pela professora do IHL, Geórgia Maria Feitosa e Paiva. A ação visa promover o conhecimento e o debate acerca das experiências de pesquisa e docência por meio de palestras ministradas por docentes e pesquisadores da Unilab e outras Instituições de Ensino Superior.

Comentários encerrados.