Projeto Unilab Cultural promove apresentações teatrais gratuitas em Redenção

 

No mês de março, a Pró-Reitoria de Extensão, Arte e Cultura (Proex) e a Coordenação de Arte e Cultura (CAC), através do  Projeto Unilab Cultural – Maciço das Artes, promovem espetáculos gratuitos em Redenção.

O encenação da “Fábula do Monturo Velho” acontecerá nessa quinta-feira (dia 1º de março) com a apresentação em duas sessões às 9h e 14h, na escola municipal Dr. Antonio Jacó  (CERU), no distrito de Antonio Diogo, Rua Pedro Barreto s/n, em Redenção/CE.

Foto divulgação: Trupe Caba de Chegar (CE)

A fábula é um espetáculo voltado para crianças de todas as idades. A Trupe Caba de Chegar (CE) voltará a Redenção para essa encenação livre e gratuita, com o texto de Aldo Marcozzi.  A história se passa em um terreno abandonado e conta a história do dia-a-dia de vários animais, que obedecem às ordens intransigentes do rei Corujão, que os impede de fazer escolhas sobre seus modos de vida.

No dia 15 (quinta-feira), o projeto trás a encenação “A Saga de Jesus Cristo em teatro de Bonecos”, da Cia Epidemia de Teatro (CE), com duas apresentações: às 9h e 14h, no Ginásio Tarcísio Bonfim, Secretaria de Educação, em Redenção/CE.

Foto divulgação: Epidemia de Bonecos (CE)

A Saga de Jesus Cristo apresenta os momentos mais significativos da vida de Jesus, como a  entrada em Jerusalém, tentação, morte e ressurreição. Sua fundamentação cênica é o Teatro de Bonecos Popular do Ceará, o Cassimiro Coco, que tem a espirituosidade e a interatividade como principais características de expressão e estética.

Sobre o Projeto

Unilab Cultural – Maciço das Artes é um projeto de atuação da Unilab por meio das linguagens artísticas como forma de ocupação e interação com os ambientes citadinos e universitários, envolvendo artistas, produtores, agentes culturais e, principalmente, o público acadêmico e a sociedade civil.

A Proex explica ainda que “em cada uma de suas ações o projeto se transformará em um centro capaz de irmanar infinitas oportunidades para compartilhar experiências, conhecer e crescer com o outro. A convivência harmoniosa e inquieta das diversas linguagens artísticas semeará um terreno fértil para a criatividade e para a produção do conhecimento sobre o fazer artístico”.

Esta edição conta com a co-realização do SESC/Ceará e apoio da Casa Encantada, projeto da Prefeitura de Redenção/CE.

Segundo a coordenação do projeto, entre 1º a 15 de fevereiro, cerca de 526 pessoas compõem o quantitativo de público atendido pelo Unilab Cultural assim distribuídos nos espetáculos teatrais: “A Rainha de Nada” e “Foguinho – O menino que não sabia ler” e no “Bailinho do Terere – Terceirinho”.

Comentários encerrados.