Projeto “Canções de Redenção” promove evento nesta terça-feira (6)

O Projeto de Extensão “Canções de Redenção” visa o protagonismo de alunos de diferentes cursos da Unilab, tanto na produção de diferentes gêneros e artes que serão publicados nas edições, como no desenvolvimento de estratégias de promoção e distribuição dos exemplares.

Nessa terça-feira (6), acontecerá a segunda edição da publicação com o tema “Amor & Liberdsde”, de 17h às 18h na Sala 307, do Bloco 3, da Unidade Acadêmica dos Palmares, em Acarape/CE. Além dessa atividade, no dia 8 (quinta-feira), será promovido a Oficina de Defesa Pessoal com a professora Juliana Cruz da Confederação Brasileira de Krav Maga, aluna do Bacharelado de Humanidade (BHU), no Espaço de Convivência, de 16h até 19h. O evento é voltado para toda a comunidade acadêmica.

O projeto convida os universitários a participar da próxima reunião que têm como objetivo apresentar o próprio projeto, organizar e delegar atividades para a publicação da segunda edição. Todas as reuniões e atividades contam com certificação.

Sobre o projeto

Com característica de cunho literário, o jornal traz discussões atuais para toda a comunidade. A Unilab já ultrapassa meia década de existência. Suas experiências de integração entre os membros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) têm sido as mais variadas. O surgimento do projeto de extensão nos leva a uma longa e bela jornada experimentando possibilidades sobre o que pensamos como produtores de um jornal que não só visa dialogar com os membros da comunidade acadêmica, mas levar os textos produzidos pelos alunos para as cidades universitárias (Redenção e Acarape) e mesmo para os países que participam da integração internacional com a Unilab.

Além dos encontros quinzenais realizados, os alunxs trabalham na pesquisa de fontes e dados para a escrita da matéria, organização de oficinas para a comunidade e materiais de divulgação do jornal universitário. O projeto conta com a participação de dois professores, o professor e coordenador Tiago Martins da Cunha e estudantes, o qual está aberto para a colaboração de mais estudantes e/ou membros da comunidade. Pretendemos ter publicações trimestrais cobrindo os eixos de notícias e informações cobrindo a universidades, o Maciço de Baturité, o Brasil e os países parceiros da África.

Comentários encerrados.