Curso “Estado de exceção e democracia no pensamento de Hannah Arendt e Giorgio Agamben” será dia 22

O curso “Estado de exceção e democracia no pensamento de Hannah Arendt e Giorgio Agamben” é coordenado e ministrado pelo professor do Instituto de Humanidades e Letras (IHL), Sebastião André Alves de Lima, como atividade do curso de Sociologia da Unilab e acontecerá nesta quinta (22), a partir das 14h, no Auditório do Bloco Didático do campus da Liberdade, em Redenção/CE.

As inscrições podem ser feitas pelo e-mail andrealvesdelima@unilab.edu.br.

A atividade tem duração de 12 horas e visa discutir os principais fundamentos teóricos, no campo da sociologia política, das relações entre democracia e estado de exceção no pensamento de Hannah Arendt e Giorgio Agamben. Em um contexto político, nacional e internacional, de profundas incertezas acerca dos destinos do Estado Democrático de Direito, compreender as contradições teóricas entre democracia e violência física e simbólica ajuda a entender os desafios que a sociedade nos impõe cotidianamente.

Comentários encerrados.