Unilab em Angola: docentes participam de trabalho de campo no Libolo

Lidia Lima e Eduardo Ferreira, professores do Curso de Letras

Com o intuito de contribuir com pesquisas na área de Linguística, os professores Eduardo Ferreira e Lídia Lima, do curso de Letras do Campus dos Malês, estão participando de atividades de trabalho de campo no âmbito do Projeto Libolo, no município de Libolo, Kwanza-Sul, Angola.

A visita acontece de 8 a 20 de julho, a convite dos professores Carlos Figueiredo, da Universidade de Macau, e Márcia Oliveira, da Universidade de São Paulo (USP). O foco da atividade é o contato linguístico do português com quimbundo, história da língua e interface morfologia, sintaxe e semântica.

Grupo de trabalho do Projeto Libolo

“No Projeto Libolo, a Unilab – Campus dos Malês se destaca por suas diretrizes e missão embasadas na consolidação das relações Brasil-África”, explica a docente Lidia Lima, coordenadora do Curso de Letras no Campus dos Malês, em São Francisco do Conde/BA.

O Projeto Libolo desenvolve pesquisas nas áreas de Linguística, História e Antropologia, além de ações sociais no município. A equipe é formada por pesquisadores de instituições superior nacionais – USP, UFMG, UFPA, UnB, UFMA, UFRR – e internacional – Universidade de Macau. Conta, ainda, com a parceria do Instituto Superior Politécnico do Libolo, da Fundação Maria Carolina, da Administração Municipal de Libolo, da Repartição Municipal do Ensino, Ciência e Tecnologia do Libolo e da Empresa S2C Lda.

Mais informações sobre o projeto podem ser acessadas aqui.

Comentários encerrados.