Projeto Café com Letras debate “Aprendizagem cocriativa e colaborativa na Faculdade de Educação, Ciências e Letras do Sertão Central”

Momento de aprendizagem cocriativa e colaborativa dos alunos da Faculdade de Educação, Ciências e Letras do Sertão Central

Momento de aprendizagem cocriativa e colaborativa dos alunos da Faculdade de Educação, Ciências e Letras do Sertão Central.

Na próxima quinta-feira (2), excepcionalmente, a partir das 14h, no auditório administrativo do Campus da Liberdade, em Redenção/CE, o Projeto Café com Letras dá prosseguimento às suas atividades com a palestra “Aprendizagem cocriativa e colaborativa na Faculdade de Educação, Ciências e Letras do Sertão Central” (FECLESC): relatos coletivos de experiências”, que será ministrada pela professora Marília Carvalho e os alunos da FECLESC.

O que é aprender de forma cocriativa e colaborativa?

A professora Marília Carvalho explica: “É compreender à maneira de Paulo Freire, que “ensinar não é transferir conhecimentos, mas criar as possibilidades para sua própria produção ou a sua construção”. Estamos acostumados na universidade a receber passivamente as ordens d@ professor@ quanto ao que devemos ler, aprender e elaborar. Mas o que acontece quando @ professor@ abre mão desse controle e, ao invés de selecionar os textos daquela disciplina, deixa a critério da turma?”.

Como esse conceito foi aplicado com os alunos da FECLESC e possibilitou novos paradigmas de aprendizagem é o destaque dessa palestra.

“O objetivo dos nossos encontros era criar um ambiente seguro de aprendizagem onde pudéssemos vivenciar novos paradigmas de aprendizagem, sem aulas expositivas, sem leituras obrigatórias, sem calendário fixo de atividades, sem hierarquia e com muita colaboração e cocriação, decidindo juntos o que queríamos aprender e como iríamos nos avaliar”, detalha Marília Carvalho.

Sobre a palestrante

Marília Carvalho é professora Assistente do curso de Letras/Inglês da Faculdade de Educação, Ciências e Letras do Sertão Central do Ceará (FECLESC), pesquisa, cocria e experimenta práticas de aprendizagens ativas, colaborativas e centradas no estudante. Doutoranda em Teoria da Literatura e Literatura Comparada pela Universidade Federal de Minas Gerais, com pesquisa sobre Moby Dick, de Herman Melville e outras narrativas marítimas. Mestre em Teoria da Literatura pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), com pesquisa em Jorge Luis Borges. (Bolsista Capes). Graduada em Letras (Português/Inglês) pela Universidade Federal do Ceará (UFC)

Café com Letras

O Projeto de Extensão Café com Letras: saberes docentes e práticas acadêmicas, em sua sexta edição (2018-2019), está sendo coordenado pela professora do IHL, Geórgia Maria Feitosa e Paiva. A ação visa a promover o conhecimento e o debate acerca das experiências de pesquisa e docência por meio de palestras ministradas por docentes e pesquisadores da Unilab e outras Instituições de Ensino Superior (IES).

Comentários encerrados.