Unilab terá evento integrado do Programa Pibid e Programa Residência Pedagógica.

Na próxima terça-feira (14), a partir das 14h, a Unilab realizará a ação integrada e concomitantemente nos Estados do Ceará, no Auditório Didático do Campus da Liberdade, em Redenção e na Bahia, no Auditório da Secretaria da Educação de São Francisco do Conde.

O evento, inicialmente apresentará os programas comunidade e posteriormente as equipes PIBID e RPR participarão de formação específica. É articulado para estudantes e professores desta universidade com os gestores e professores das redes estadual e municipal de ensino do Ceará e da Bahia, visando a formação inicial do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência (Pibid) e do Programa Residência Pedagógica (PRP).

Os programas são fomentados pelo Ministério da Educação (MEC), através da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Estes programas representam estratégias importantes de formação de professores da atual política educacional brasileira, tendo como premissas, conforme o MEC: “o entendimento de que a formação de professores nos cursos de licenciatura deve assegurar aos seus egressos, habilidades e competências que lhes permitam realizar um ensino de qualidade nas escolas de educação básica” (MEC, 2018).

Considerando as especificidades de cada programa, o MEC destaca que o Pibid busca  antecipar o vínculo entre os futuros mestres e as salas de aula da rede pública e o PRP objetiva induzir o aperfeiçoamento do estágio curricular supervisionado nos cursos de licenciatura, promovendo a imersão do licenciando na escola de educação básica, a partir da segunda metade de seu curso.

Para tanto, ambos se estruturam na articulação entre a educação superior, as escolas e os sistemas de ensino para o desenvolvimento de subprojetos vinculados aos cursos de licenciatura.

Os programas de formação de professores, juntos, beneficiarão, entre agosto de 2018 e janeiro de 2020, cinco municípios cearenses e um município baiano, com: 24 escolas, 336 graduandos/as, 66 professores da educação básica e 16 docentes da universidade, todos contemplados com bolsas para o desenvolvimento do trabalho nas escolas campos.

Comentários encerrados.