I Semana de História da Unilab/Malês começa nesta terça (14)

Começa nesta terça-feira (14), a I Semana de História da Unilab/Campus dos Malês. Ao longo de três dias, o evento vai reunir comunicações, lançamento de livros, conferências, mesas redondas, minicursos e oficinas.

Com o tema “Democracia, cidadania e movimentos sociais no Brasil, no Timor-Leste e no continente africano”, a Semana terá na conferência de abertura a participação do professor Rivair Macedo, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Na ocasião, o conferencista abordará “O endógeno e o local no pensamento africano contemporâneo”. A atividade tem início às 19h, no auditório do Campus dos Malês, em São Francisco do Conde/BA.

Já na quinta-feira (16), às 19h, após um dia de oficinas e mesa-redonda, o encerramento da I Semana de História fica por conta da conferência “Poder, catolicismo e comércio na África Centro-Ocidental”, com a professora Marina de Melo e Souza, livre docente em História da África, da Universidade de São Paulo (USP).

Lançamento de livro

Durante a conferência de encerramento, a professora Marina de Melo fará o lançamento do seu livro “Além do Visível: Poder, Catolicismo e Comércio no Congo e em Angola (Séculos XVI e XVIII)”.

Na obra, a autora revisita a expansão marítima promovida pelos portugueses nos séculos XVI e XVII e seu contato com as civilizações centro-africanas, com o objetivo de entender como comércio e religião nortearam as relações entre portugueses e centro-africanos.

Três são os eixos que fundamentam a análise do livro – poder, catolicismo e comércio. A ideia é desvendar a dinâmica de recepção dos povos centro-africanos à religião católica e ao mundo branco ocidental.

Sobre os conferencistas

Rivair Macedo é professor titular no Departamento de História da UFRGS, docente do quadro permanente do Programa de Pós-Graduação em História pela UFRGS. Pesquisador do CNPq desde 1995, é coordenador do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros, Indígenas e Africanos da UFRGS.

Com experiência na área de História, ênfase em História das Sociedades Africanas Antigas, é sócio da Academia Portuguesa de História e da Associação Brasileira de Pesquisadores Negros.

Livre docente em História da África, desde 2001 Marina de Melo e Souza é professora da USP, atuando na graduação e na pós-graduação. É pesquisadora do CNPq de produtividade em pesquisa nível 2, triênio 2016-2019.

Atualmente, dedica-se à história da África centro-ocidental nos séculos XVI-XIX, com atenção especial aos temas ligados à presença do catolicismo entre os povos centro-africanos e suas articulações com o comércio e com as organizações políticas.

Confira a programação completa

Download (PDF, 987KB)

Download (PDF, 754KB)

Comentários encerrados.