Mestrado Associado Unilab/UFC inicia suas atividades com evento dias 22 e 23

Na próxima semana, nos dias 22 e 23, o Programa Associado de Pós-Graduação em Antropologia da Unilab e UFC realizará a abertura do segundo ano letivo em 2018 com um evento inaugural de tema “Cenários da Antropologia Contemporânea: Diferença, Poder e Democracia”, apresentando as mesas-redondas e seus convidados na Universidade Federal do Ceará (UFC) e na Unilab do Ceará.

As mesas-redondas acontecerão em dois momentos: no dia 22, a partir das 14h, com o tema “Gênero, Corporeidade e Poder”, a Universidade Federal do Ceará acolherá os participantes. No segundo dia (23), a Unilab apresentará a temática: “Diferença, Direitos e Ensino Superior”, a partir das 14h, no Auditório 02 do Campus das Auroras, em Redenção/CE.

O objetivo desta troca é dar as boas vindas à nova turma de discentes, receber pesquisadores convidados para um debate sobre temas contemporâneos do cenário da antropologia brasileira e integrar docentes e discentes nos âmbitos plurais de nossa vida acadêmica na graduação e pós-graduação. O evento conta com o apoio das Pró-Reitorias de Pesquisa e Pos-Graduação de ambas as universidades em seus esforços pela qualidade e fortalecimento das atividades de pesquisa e ensino no cenário atual brasileiro.

Participantes

Alex Ratts é professor nos cursos de graduação e pós-graduação em Geografia e participou do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social  da Universidade Federal de Goiás (PPGAS/UFG), onde coordena o Laboratório de Estudos de Gênero, Étnico-Raciais e Espacialidades do Instituto de Estudos Sócio-Ambientais  (LaGENTE/IESA/UFG). É graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do  Ceará (UFC), mestre em Geografia Humana e doutor em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo (USP), com estágio pós-doutoral em Geografia na UFC. Atua nas áreas de Geografia, Antropologia e Educação e no campo dos estudos africanos, étnicos, raciais, de gênero e sexualidade.

Antonio Carlos de Souza Lima é historiador, professor de Etnologia/Departamento de Antropologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde atua no Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social. Obteve os graus de Mestre e Doutor em Antropologia Social pelo PPGAS/Museu Nacional da UFRJ.

Carla Susana Alem Abrantes é professora do Instituto de Humanidades e Letras da Unilab nos cursos de Humanidades e Antropologia, além de ser coordenadora local do Programa Associado de Antropologia UFC/UNILAB. Possui graduação em Comércio Exterior, Mestrado e Doutorado em Antropologia pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social do Museu Nacional/UFRJ.

Martinho Tota é professor do Departamento de Ciências Sociais da UFC e do Programa Associado de Pós-Graduação em Antropologia (UFC/Unilab). Possui graduação (Licenciatura e Bacharelado) em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Mestrado em Sociologia pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Doutorado em Antropologia Social pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social/Museu Nacional/UFRJ, Pós-Doutorado em Sociologia pela UFPB, Pós-Doutorado em Antropologia Social pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social do Museu Nacional/UFRJ.

Comentários encerrados.