Evento “AnDanças Afropolitanas” une linhas de pesquisa e promove intercâmbio com UFBA

Nesta sexta-feira (31), o evento “AnDanças Afropolitanas” vai promover um encontro entre as linhas de pesquisa do grupo Geofilosofia e performances do pensamento e, ao mesmo tempo, ser espaço de intercâmbio com estudantes e professores do curso de Filosofia da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

A atividade tem início às 9h, na Sala 01 do Campus dos Malês, em São Francisco do Conde/BA. Durante a manhã, haverá apresentação das pesquisas AnDanças e das pesquisas Geofilosofia, Cosmopolíticas e Mundialidade. À tarde, a AnDança segue no Quilombo Dom João.

Haverá um almoço no Ilê Mukumbogire Oya Nzambiseguido, seguido de oficina de samba do “corta jaca”, com Dona Biu. Aos interessados em participar do almoço em Dona Biu, é solicitada uma contribuição de R$ 10,00.

A participação no evento será certificada e é necessário fazer inscrição até a próxima quinta-feira (30), pelo e-mail pausapoetica@gmail.com. No ato da inscrição, o interessado deve informar se participará do almoço. O pagamento deve ser feito na hora da refeição.

“O encontro entre a linha ‘AnDanças’ e ‘Geofilosofia, Cosmopolíticas e Mundialidade’ nasce do desejo de acompanharmos mutuamente o desenrolar de nossas pesquisas e trocar experiências”, explica a professora Elizia Cristina, coordenadora do projeto, ao lado do professor Cleber Daniel.

A partir do intercâmbio com a UFBA, a proposta é mostrar aos colegas “como trabalhamos com filosofia nos âmbitos de nossos cursos de atuação (principalmente o Bacharelado em Humanidades) na Unilab, lugar que tem nos oportunizado pensar a filosofia, mais especificamente, a geofilosofia das suas relações com os pensamentos/corporeidades africanos e afro-brasileiros”, completa Elizia Cristina.

Confira a programação completa:

AnDanças Afropolitanas

9h Recepção

9h30 Apresentação das pesquisas AnDanças

– Pisa no massapé – filosofia da subjetividade no recôncavo baiano – Elizia Cristina Ferreira

– Amassando o barro com os pés: Mulheres no Samba de Roda do Recôncavo – Beatriz Borges Bastos

– Saber do corpo: experiências com dança contemporânea e filosofia – Débora Menezes Ribeiro

– Nicinha do samba e a manutenção do samba de roda no Recôncavo Baiano – Elisa Gonçalves

11h Apresentação das pesquisas Geofilosofia, Cosmopolíticas e Mundialidade

– Cosmo-praxis de um ponto de vista geofilosófico – Cleber Daniel Lambert da Silva

– Filosofia Bantu: uma leitura introdutória – Mamadu Djalo

– Multinaturalismo ameríndio e crítica do antropocentrismo – Ana Paula Monteiro

12h30 Almoço no Ilê Mukumbogire Oya Nzambiseguido, seguido de oficina de samba do “corta jaca” com Dona Biu

15h30 AnDança no Quilombo Dom João – Joselita Gonçalves dos Santos Borges -Dona Joca e a filosofia quilombola.

Comentários encerrados.