Unilab participa de conferência internacional sobre cultura, diáspora e desafios emancipatórios; inscrições abertas para submissão de trabalhos

De 19 a 21 de novembro, a Unilab vai participar da Conferência Internacional “Cultura, Diáspora e Desafios Emancipatórios para a África Contemporânea”. O evento vai acontecer na Cidade de Assomada, Cabo Verde, com a participação de pesquisadores cabo-verdianos e estrangeiros, como estímulo de intercâmbio de professores, estudantes e sociedade interessada pelo tema.

“Com o objetivo de desenvolver reflexões sobre as Áfricas de ontem e de hoje, a conferência vai reunir especialistas de diferentes áreas do conhecimento, entre as quais em história africana e diaspórica, assim como antropologia, tradição oral, sociologia, linguística, literatura e educação”, explicam Fernando Tavares e Rutte Andrade, membros da comissão organizadora.

Já estão confirmadas as participações dos professores Molefi Kete Asante e Amma Mazama, da Universidade de Temple, Filadélfia.

Entre as atividades, o evento comportará palestras, mesas-redondas, workshops, apresentações artísticas e sessões de comunicação para apresentação de artigos.

Os interessados pela submissão de trabalhos devem enviar resumos que detalhem a pesquisa concluída ou em desenvolvimento, mas que, sobretudo, apresentem os resultados alcançados, sejam eles parciais ou conclusivos.

Os resumos devem ser enviados para o e-mail conferenciaafrica.us.unilab@gmail.com até o dia 30 de setembro. Podem inscrever artigos pesquisadores em ciências sociais e humanas, com enfoque em história e cultura africana ou diaspóricas.

Clique aqui para consultar as normas para envio de resumos.

Durante a conferência, 10 temas serão trabalhados. São eles:
– História de África e da Diaspórica: Comércio de Escravizados;
– História e Racismo na África e na Diáspora;
– História e Historiografia Africana e Diaspórica;
– Arqueologia e a pré-história da África e da Diáspora;
– Ideologias da libertação em África e na Diáspora;
– Língua, História, Cultura, Filosofia, Prodcessos Educativos;
– Colonialismo, Desafios Emancipatórios para a África Contemporânea;
– Cultura, Filosofia, Sociedades Africanas e Diaspóricas;
– Ensino, Educação antirracismo, processos educativos não formais e descolonização do currículo escolar na África e na Diáspora;
– Globalização, meio técnico-científico informacional, espaço geográfico, território usado, formação sócio-espacial, o lugar e o global na encruzilhada África e Diáspora.

 

Comentários encerrados.