DTI valida serviço Eduroam na Unilab

A Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI), em parceria com a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), concluiu com sucesso o processo de instalação, configuração, autenticação e validação do serviço Eduroam na Unilab.

O Eduroam (education roaming) é um serviço de acesso sem fio seguro, desenvolvido para a comunidade internacional de educação e pesquisa. A iniciativa permite que estudantes, pesquisadores e equipes das instituições participantes obtenham conectividade à internet, através de conexão sem fio (wi-fi), dentro de seus campi e em qualquer localidade que ofereça essa facilidade como provedora de serviço. Veja aqui como funciona.

Dessa forma, um pesquisador visitante na Unilab poderá utilizar sua própria identificação e senha de acesso da instituição de origem para se conectar à rede sem-fio. O mesmo ocorrerá para os professores e alunos da Unilab, em visitas a outras instituições, inclusive no exterior.

Lançado no Brasil em 2012, o serviço possui mais de 2.300 pontos de acesso, além de outros milhares distribuídos em cerca de 90 países. No mundo, é possível encontrar o Eduroam em universidades, centros de pesquisa, praças públicas, aeroportos e até cafeterias. Assim, é possível se conectar à internet onde “eduroam” aparecer na lista de redes wi-fi.

Além da segurança, o Eduroam tem como benefícios a mobilidade, facilidade de uso e a sua integração à Comunidade Acadêmica Federada (CAFe) – uma federação de identidade que reúne instituições de ensino e pesquisa brasileiras gerenciada pela RNP.

Qualquer pessoa que possuir vínculo ativo com a Unilab e tiver cadastro (usuário e senha) no sistema SIG (SIGAA, SIPAC ou SIGRH) terá acesso à Eduroam. Para acessar à rede sem fio “eduroam” basta utilizar o mesmo login/senha cadastrados no sistema SIG. É importante preencher “@unilab.edu.br” no campo de login. Isto é, caso seu login no SIG seja 12345, então seu login na rede “eduroam” será 12345@unilab.edu.br.

Em alguns dispositivos e/ou sistemas operacionais, poderá ser necessário preencher dois campos: no primeiro, selecionar PEAP; no segundo, optar por MSCHAPv2.

Comentários encerrados.