Encerramento do III Novembro Afro-Brasileiro acontece nesta terça (11), com apresentação musical

Chega ao fim, nesta terça-feira (11), a última etapa de atividades do III Novembro Afro-Brasileiro. O evento, que tem como tema “Africanidades em Movimento e Cotidiano Escolar”, terá em seu encerramento a presença do Trakinuz.

A programação tem início às 19h, no Pátio Administrativo do Campus da Liberdade, em Redenção/CE.

Trakinuz é o nome do grupo de Cabo Verde, formado por dois jovens, Jailson Correia e José Maria Veiga (inativo no momento), naturais dos Picos concelho de São Salvador do Mundo. Em outubro de 2012, foi lançado o primeiro trabalho, uma mixtape intitulada “Mundu Novu”, com 10 faixas e com participações de artistas cmo Azaiaz e Eli Brito, entre outros.

A mixtape caiu no agrado do público jovem, sendo considerada uma revelação do Hip Hop Kriolo. As canções traziam mensagens fortes sobre a sociedade, chegando a tocar em todas as rádio de Cabo Verde. O trabalho também os levou a programas de rádio e TV, como Show da Manhã (Televisão de Cabo Verde) e Eco Musical (Record Cabo Verde), e garantiu a presença dos rapazes em grandes festivais.

A dupla fez uma parada durante quatro anos e agora, com a viagem de um dos elementos, o Trakinuz passa a ser representado apenas por Jailson Correia. Em julho deste ano, ele lançou o EP “Sonhuz Ta Kontinua Vivu”, que se encontra disponível em todas as plataformas digitais de streaming. A produção já conta com três videoclipes no canal oficial do YouTube.

Atualmente, o Trakinuz faz um tour de apresentações, com concertos já realizados em São Salvador do Mundo, Santa Cruz e Ilha do Fogo. Aqui no Brasil, as apresentações acontecem de 10 a 26 de dezembro.

Sobre o evento

O III Novembro Afro-Brasileiro foi idealizado pelo Setor de Promoção da Igualdade Racial Kabengele Munanga (Sepir), vinculado à Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Estudantis (Propae), e pelo Centro de Estudos Interdisciplinares Africanos e das Diásporas (Ceiafrica), com o apoio da Pró-Reitoria de Extensão, Arte e Cultura (Proex).
Em referência ao 20 de Novembro – Dia da Consciência Negra, o evento reúne um conjunto de atividades nas áreas de arte, educação e cultura afro-brasileiras. Em sua primeira edição, em 2016, realizou-se sob a temática da consciência e ação (daí o subtítulo “ConsciênciAção”).

Comentários encerrados.