Docentes da Unilab são contemplados com projetos de pesquisa

Seis. Esta foi a quantidade de projetos contemplados pelos docentes da Unilab na última Chamada Universal MCTIC/CNPq nº 28/2018. Foram beneficiados nas Faixas de financiamentos A (até R$ 30 mil) e B (até R$ 60 mil). Abrangendo os diferentes institutos de ensino da Unilab, no Ceará e na Bahia.

“A aprovação destes novos projetos, marca a consolidação e institucionalização da pesquisa na Unilab. Os projetos foram elaborados pelos professores, dado seus méritos, com o trabalho junto à sua equipe de estudantes da iniciação científica, pós-graduação e dos grupos envolvidos”, destacou a Pró-Reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, professora Albanise Marinho.

As propostas aprovadas serão financiadas com recursos no valor global de R$ 200 milhões, sendo R$ 50 milhões oriundos do orçamento do CNPq e R$ 150 milhões oriundos do FNDCT/Fundos Setoriais, a serem liberados em até três parcelas, de acordo com a disponibilidade orçamentária e financeira no CNPq.

Entre os aprovados na Faixa A, um docente do Instituto de Humanidades de Letras (IHL), do Campus dos Malês, em São Francisco do Conde/BA; do Ceará, dois projetos do Instituto de Humanidades (IH), dois do Instituto de Ciências da Saúde (ICS). Na faixa B, o Instituto de Ciências Sociais Aplicadas (ICSA) foi contemplado com um projeto de pesquisa.

Para Albanise, pro-reitora da Proppg e também professora do Instituto de Desenvolvimento Rural (IDR), cada professor contemplado poderá, com os recursos de investimento, entre valores de capital, custeio e de bolsas, fortalecer e consolidar seu grupo de pesquisa, além de incrementar os laboratórios com aquisição de novos equipamentos. 

Confira a listagem conforme as FAIXAS.

Corpo Docentes e Projetos

Com oito anos de criação, a Unilab possui atualmente 356 docentes efetivos (325 brasileiros e 31 estrangeiros), dos quais 315 são doutores, conforme Unilab em Números, da Superintendência de Gestão de Pessoas (SGP).

Cleber Daniel da Silva – Curso de Filosofia: “Geofilosofia e cosmo-práxis comparadas: a questão da humanidade/ animalidade no multinaturalismo ameríndio e na filosofia Bantu”; James Ferreira Junior – Curso de Psicologia: “Bases autoritárias do preconceito de raça e de classe e seus impactos na tomada de decisão de julgamento no Ceará e no Rio Grande do Sul” e Francisco Thiago Vasconcelos – Curso de Licenciatura em Sociologia: “O Sistema de Justiça Criminal no Maciço de Baturité/CE: a construção do inquérito policial e do processo judicial para crimes de homicídio” e 

– Vivian Saraiva Veras – Curso de Enfermagem: “Efeito da intervenção educativa com o apoio social centrado na pessoa com diabetes tipo 2 para prevenção do pé diabético: Ensaio clínico randomizado” e Márcio Moura de Araújo – Curso de Enfermagem: “Avaliação da efetividade e custo-efetividade de dois alimentos funcionais enriquecidos com prebióticos no controle glicêmico de pessoas com diabetes na atenção primária à saúde”.

– Hugo Marco Silvestre – Curso de Administração: “Parcerias públicas-públicas e a cooperação intermunicipal para a prestação de serviços públicos nos governos locais Brasileiros”

Objetivos

A Chamada Universal MCTIC/CNPq 2018 tem o interesse de selecionar propostas para apoio financeiro a projetos que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento científico, tecnológico e da inovação do País, em qualquer área do conhecimento. 

Comentários encerrados.