Estudantes do curso de Relações Internacionais desenvolvem atividade de campo em Salvador

Sob a coordenação do professor Daniel De Lucca, no âmbito das disciplinas “Geografia Política e Geopolíticas do Sul Global” e “História das Relações Internacionais”, no dia 19 de dezembro, um grupo de estudantes do curso de Relações Internacionais do Campus dos Malês/BA visitou o Museu Náutico da Bahia. Ali aprenderam sobre a história da inserção regional da Baía de Todos os Santos no mundo do Atlântico Sul e debateram sobre o lugar da antiga capital nacional na formação do Brasil e do capitalismo global.

À tarde, a turma visitou uma outra importante instituição da capital baiana, o Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB), lugar de memória e de conhecimento científico no estado. Ele foi fundado em 1894, após a proclamação da república.

Turma de Relações Internacionais acompanhada dos professores Daniel De Lucca e Jaime Nascimento

Acompanhados do professor Jaime Nascimento, discutiram sobre a história da instituição, destacando sua importância na construção do conhecimento geográfico e histórico.

“Especial atenção foi dada às dinâmicas interinstitucionais travadas pelo IGHB, relações que ultrapassam as fronteiras nacionais, estabelecendo parcerias com instituições congêneres em Portugal e também com a Casa de Angola”, explicou o professor Daniel De Lucca. “Deste modo, abordou-se o papel das instituições científicas na chamada ‘diplomacia cultural’, que propõe formas de cooperação alternativas, gerando a troca de saberes entre intelectuais e especialistas dos campos mais diversos: geografia, história, dança, linguística, além de arquivologia, biblioteconomia e museologia”, completou o docente.

Comentários encerrados.