Unilab participa de Festival Internacional de Contos “Lamparina de Histórias”

A Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) participa, de 14 a 16 de fevereiro, do “Lamparina de Histórias: Festival Internacional de Contos”, na maratona de contos africanos.
O Projeto “Rotas das Culturas” levará os estudantes da Unilab para o evento nos dias 15 (sexta) e 16 (sábado) . O ônibus sairá do Campus da Liberdade, em Redenção/CE, às 8h, com retorno previsto para as 18h. Estão disponíveis 30 vagas. Para garantir a sua vaga, preencha o formulário.

O projeto de extensão Lamparina de Histórias da Unilab formou um grupo de estudantes que se apresentará no evento Maratona de Contos Africanos, nos dias 15 e 16 de fevereiro, às 10h, no palco principal, além das apresentações culturais da Banda Cabaçal Palmares , no dia 15 de fevereiro, e do Grupo de dança Vozes d’África, no dia 16, ao meio-dia.

O projeto Lamparina de Histórias na Unilab objetiva prover formação básica de contadores de história para fortalecer a literatura oral e popular dos países parceiros presentes na Unilab, com carga horária total de 120 h/a, divididas entre atividades de formação presencial e a distância.


Festival Internacional de Contos “Lamparina de Histórias”

Idealizado em 2009 pela narradora e educadora Júlia Barros, o festival completa 11 anos de atuação e ganha sua primeira edição internacional. O objetivo é valorizar o registro e a preservação da memória oral dos contadores de histórias tradicionais espalhados pelo mundo. Nesta edição, o festival homenageia a tradição oral africana e a cultura afro-brasileira e traz pela primeira vez a Fortaleza o escritor e narrador Boniface Ofogo. Toda a programação é gratuita e acontecerá de 14 a 16 de fevereiro, no Centro Cultural Banco do Nordeste (Rua Conde d’Eu, 560, Centro), em Fortaleza, e na Escola Euclides Pereira Gomes, no Pecém.

Linete Matias (AL) fará a apresentação “Encantados das Águas”.

O evento reúne narração oral, apresentação de teatro de bonecos, mesas redondas, oficinas, apresentações artísticas, shows de Tambor de Crioula, lançamentos literários, feira de livros e artesanato e, ainda, maratona de contos africanos com estudantes da Unilab. Entre os destaques da programação, estão os espetáculos com o narrador Boniface Ofogo da República de Camarões (África Central) e com a escritora e arte-educadora Madu Costa (MG) sobre as Histórias de Orixás Femininas. Além da apresentação, “Encantados das Águas” de Linete Matias (AL). Mais que uma rica programação cultural com atividades para todos os públicos, o festival também oportuniza a troca de saberes entre a plateia e os convidados que trazem em seus repertórios de apresentações ensinamentos e vivências das várias comunidades em que atuam.

O narrador e escritor Boniface Ofogo, de Camarões, estará pela primeira em Fortaleza/CE.


O festival é uma realização da Casa da Prosa, apoiado pela Secretaria da Cultura do Estado Ceará (Secult), por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, com agradecimento à Enel Geração, patrocínio do Banco do Nordeste e parceria da Unilab.

Ficha Técnica:

Coordenação Geral: Júlia Barros
Produção Executiva: Almir Mota e Lara Leon
Identidade Visual: Focarte
Assistentes de Produção: Samuel Mota, Klebson Alberto e Teddy Williams Assessoria de comunicação: Lílian Martins

Programação:

14 de fevereiro, quinta-feira
Local: Escola Euclides Pereira Gomes (Pecém/São Gonçalo do Amarante)
9h – Contação de histórias Encantados das águas com Linete Matias (AL).
14h – Apresentação de teatro de bonecos Bicho do Rio com Cia. Chacoalho (CE).

15 de fevereiro, sexta-feira
Feirinha criativa, das 10h às 19h
10h – Maratona de Contos Africanos com os estudantes da Unilab, no palco principal.
12h – Apresentação da Banda Cabaçal Palmares com estudantes da UNILAB.
14h – Contação de histórias Encantados das águas com Linete Matias (AL), no palco principal.
15h – Bate-papo: Raízes dos contos africanos no mundo com Hilário Ferreira (CE), Madu Costa (MG) e Boniface Ofogo (Camarões), no palco principal.
16h30 – Apresentação do Maracatu Rei Zumbi.
18h – Contação de histórias Ayabás: Histórias de Orixás Femininas com Madu Costa (MG), no palco principal.

Dia 16 de fevereiro, sábado
Feirinha criativa, das 10h às 19h
10h – Maratona de Contos Africanos com os estudantes da Unilab, no palco principal.
12h – Grupo de dança Vozes d’África com estudantes da Unilab.
14h – Oficina Como se forma um contador de histórias na África com Boniface Ofogo (Camarões).
15h – Espetáculo teatral Livrolândia – O Reino da Leitura, da Cia Camarim de Teatro, no palco principal (programação do CCBNB).
16h – Lançamento do livro Outra vez Mariana, de Madu Costa (MG), no palco principal.
17h – Contação de Histórias O elefante que perdeu o seu olho com Boniface Ofogo (Camarões), no palco principal.
18h – Apresentação do Tambor de Crioula Filhos do Sol, no palco principal.

Comentários encerrados.